Aprovada terceirização de saúde e educação na Câmara | Fábio Campana

Aprovada terceirização de saúde e educação na Câmara

Mesmo diante de confusão, com ameaça de invasão pelos servidores públicos que protestavam em frente à Camara de Curitiba, os vereadores aprovaram em primeira votação o projeto de Greca que autoriza organizações sociais prestarem serviços de saúde e educação na rede municipal.
Sete vereadores foram contra e 21 favoráveis ao projeto.


Um comentário

  1. Luizito
    segunda-feira, 28 de agosto de 2017 – 12:33 hs

    Com a desintegração do transporte, veiuo agora a desontegração da administração.
    Já foram demitido, ou pediram demissão vários componentes da equipe.
    E olhe que tinha gente boa e competente trabalhando e que já trabalharam com esse prefeito outrora, mas o perfil do alcaide mudou e muito e para pior.. O ultimo ou a mais recente saída foi da Fundação de Ação Social.
    Tudo isso leva a várias suposições, que há uma forçada de barra para tal desmanche e a fundamentação da terceirização aprovada, com urgência , na Câmara. Uma das justificativas é para dar mais agilidade e competência na atenção à população na área da saúde e outras.
    Já me manifestei anteriormente e continuo achando que a Prefeitura está mesmo precisando de terceirização, mas uma terceirização mental, uma terceirização de gestão, a começara por terceirizar o Prefeito, visto que não se pode esperar até outubro de 2020, quem sabe com essa terceirização a Prefeitura consiga acabar com os palpiteiros que não sabem nada e ainda esqueceram os 50% que haviam aprendido anteriormente.Voltando ser a Curitiba que todos amamos , não sendo isso privilégio de ninguém isoladamente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*