TRE pede informações a Moro para julgar contas de 2014 do PT | Fábio Campana

TRE pede informações a Moro para julgar contas de 2014 do PT

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Relator do processo diz que dados sobre empresas investigadas na Lava Jato são necessários para avaliar a contabilidade.

De Marcelo Rocha, revista Época

O juiz Josafá Antonio Lemes, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná, pediu ao juiz Sergio Moro informações sobre empresas investigadas na Operação Lava Jato que financiaram o PT em 2014, ano das últimas eleições. Lemes é relator da prestação de contas do diretório estadual daquele ano. Segundo o juiz, para avaliar a regularidade da contabilidade da legenda, é preciso levar em consideração que “foram feitas doações ao Partido dos Trabalhadores – dentre outras pessoas – pelas empresas JBS S/A e Banco BTG Pactual S/A”. E, acrescenta ele, “tais empresas fazem parte do rol de pessoas jurídicas investigadas nas operações ‘Lava Jato’ e outras, porque – em tese – as origens desses recursos (financiamento de campanha) seriam de fontes ilícitas porque derivadas de ‘propinas’ de contratos firmados entre empresas privadas e públicas (licitações)”.

Em 2014, a senadora Gleisi Hoffmann foi a candidata do PT paranaense ao governo estadual. Atual presidente nacional do partido, ela é alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF) por seu envolvimento no petrolão. Gleisi nega que tenha sido beneficiária de dinheiro sujo distribuído pelas empreiteiras acusadas de pagar propina a políticos.


6 comentários

  1. BETO
    sexta-feira, 14 de julho de 2017 – 11:16 hs

    Esta chegando sua hora traidora do Paraná. Cria do Ditador Lula da Silva, o chefe da quadrilha Petista. Aguarde as próximas eleições.

  2. pingo no i
    sexta-feira, 14 de julho de 2017 – 11:58 hs

    E como fica os supersalários, tudo calado? o povo tomando na b… auxilio casa pra quem ja tem casa.. rasga a constituição em praça pública então, cambada de mentirosos, sem vergonha !!!!!!

  3. CAÇADOR DE VERMES
    sexta-feira, 14 de julho de 2017 – 12:12 hs

    Mais uma que se acha acima da Lei que vai ser condenada e presa.
    Dna Gleisi, as coisas no Brasil estão mudando como vc pode ver com a condenação do seu chefe quadrilheiro Lula da Silva. As pessoas não aguentam mais conviver com políticos mentirosos, populistas que tiram os sonhos das pessoas que trabalham e pagam seus impostos. Não adianta falar, contar histórias que não acreditamos mais. Queremos políticos sérios, comprometidos com uma sociedade justa, honesta, que respeite as leis afinal ninguém esta acima dela. Queremos um futuro melhor para nossos filhos e o PT nos jogou na maior crise econômica já vista, no fundo do poço. O brasileiro é um povo honesto e trabalhador e não merece ser governado por políticos do seu estilo, do estilo de seu chefe mentiroso e ladrão, LULA DA SILVA. Chega dona Gleisi, basta.

  4. TADEU ROCHA
    sexta-feira, 14 de julho de 2017 – 12:49 hs

    SENADORA, ESTA CHEGANDO SUA VEZ, SABE QUAL É MELHOR SENADORA, ERA SENHORA ENTRAR NA TOCA, PARA VOCE FICAR DO LADO DO LULA, E SEU MARIDO ESTA CHEGANDO HORA.

  5. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 14 de julho de 2017 – 15:11 hs

    PODERIA TER PEDIDO INFORMAÇÕES AO JUIZ NANUNCIO DA REPUBLICANO E VER POR QUE NOTAS FISCAIS DE AUDITORES FORAM ENCONTRADAS NO COMITÊ DA REELEIÇÃO DO GOVERNADOR.

  6. Freddy Kruger
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 15:20 hs

    Caro Sergio Silvestre. O Nome da Operação não é republicano. o Nome correto e´ PUBLICANO, nome dados aos coletores de impostos na antiga Roma, os quais, eram preferidos por Jesus, como exemplos temos Mateus e Zaqueu, entre outros, que realmente se arrependeram, completamente diferentes dos Petistas dos tempos atuais.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*