Temer substitui Serraglio na CCJ | Fábio Campana

Temer substitui Serraglio na CCJ

O Planalto trocou Osmar Serraglio (PMDB-PR) por Darcísio Perondi (PMDB-RS) na CCJ na Câmara dos Deputados. O governo temia uma traição de Serraglio na votação do parecer favorável à investigação do presidente Michel Temer a pedido da PGR que o denunciou por corrupção.

Os palacianos sabem que há mágoas e ressentimentos em Serraglio, desde que ele foi substituído sem prévio aviso no Ministério da Justiça. Outro que perdeu a vaga foi o deputado Esperidião Amin (PP-SC). No lugar dele, entrou Toninho Pinheiro (PP-MG). Aliado de Temer, Hildo Rocha (PMDB-MA), saiu de uma vaga na suplência para uma de titular da CCJ.
A troca de deputados é uma das soluções aplicadas pelos governistas para tentar barrar a denúncia de corrupção contra Temer.


6 comentários

  1. Observador Atento
    quarta-feira, 12 de julho de 2017 – 18:39 hs

    O que não se faz para defender o indefensável. Uma manobra lamentável e de desrespeito para com o povo brasileiro.

  2. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 12 de julho de 2017 – 19:01 hs

    Eu acho que isso é uma confissão de culpa,um presidente que se não passar a denuncia viverá se escondendo debaixo da cama.

  3. quarta-feira, 12 de julho de 2017 – 19:21 hs

    E O TEMER NÃO TRAIU O SERRAGLIO? QUER DIZER Q ELE PODE TRAIR, MAS NÃO PODE SER TRAÍDO, É UM TRAÍRA MESMO.

  4. quarta-feira, 12 de julho de 2017 – 20:52 hs

    Serraglio gosta de dar golpe mas não aceita receberm isso só é o começo do que deverá passar pela traição ao povo brasileiro ao ajudar no golpe contra Dilma,

  5. Gilberinho Fonsi
    quarta-feira, 12 de julho de 2017 – 21:48 hs

    Esse Temer vice da Dilma e amigo do Lula tem que ser tirado do poder pelo povo e já. Os parlamentares que insistirem no apoio ao Temer perderão a próxima eleição como serão derrotados os que apoiam o Lula. E que vá junto o PSDB pra o buraco.

  6. VISIONÁRIO
    quinta-feira, 13 de julho de 2017 – 4:58 hs

    Levando-se em conta o ítem caráter e honestidade o Brasil já chegou ao fundo do poço. Estas manobras escancaradas para ga-
    rantir votos favoráveis na CCJ, pode ser até legal, porem escanca-
    rou a grande fragilidade e o espírito de bandido que sempre guardou
    dentro de si desde a era Dilma. Passar desapercebido como vice
    da Dilma e conseguir chegar à Presidencia da República como he-
    rói da salvação é um feito. Feito histórico tambem são as manobras
    “radicais” querendo garantir votos favoráveis. BANDIDO !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*