Temer, o poeta do futuro | Fábio Campana

Temer, o poeta do futuro


Do blog do Tupan

Nos tempos do Império Romano, acreditava-se que os poetas recebiam dos deuses a capacidade de prever o futuro. Poeta, em latim, é “vate”; daí vem a palavra “vaticínio”, previsão. E, quem diria, nos dias atuais há quem preveja o futuro em seus poemas. O presidente Michel Temer publicou em 2012, pela Topbooks, o livro de poesias Anônima Intimidade. Cinco anos depois, é cada vez mais atual. Quem descobriu essa pedra preciosa foi o jornalista Augusto Nunes.:

SABER: “Eu não sabia./ Eu juro que não sabia!”

TRAJETÓRIA: “Se eu pudesse,/ Não continuaria”.

FUGA: “Está/ Cada vez mais difícil/ Fugir de mim!”

RADICALISMO: “Não. Nunca mais!”

EU: “Deificado./ Demonizado./ Decuplicado.”/

“Desfigurado./ Desencantado./ Desanimado.”/

“Desconstruído./ Derruído./ Destruído”.

COMPREENSÃO TARDIA: “Se eu soubesse que a vida era assim,/ Não teria vindo ao mundo.”


4 comentários

  1. Sergio Silvestre
    sábado, 1 de julho de 2017 – 19:11 hs

    Tudo no mesmo nivel a moral e as poesias,tudo nivelado.

  2. FUI !!!
    domingo, 2 de julho de 2017 – 6:27 hs

    O Temer já pode ser considerado o maior mágico do mundo. De
    “papagaio de pirata” da dona Dilma por oito anos, conseguiu-se equi-
    librar e tornar Presidente da República das bananas. Se uma enxur-
    rada de denúncias ainda não conseguiu levá-lo para a vala comum
    dos políticos corruptos é porque a grande mágica dele está dando
    certo.

  3. VISIONÁRIO
    domingo, 2 de julho de 2017 – 6:31 hs

    Se eu fosse o Temer estaria desde já usando uma bela fralda ge-
    riátrica caso consiga driblar todos os processos que estão desabando
    sobre a sua cabeça. Já estamos em julho e o tempo passa muito
    rapidamente. Logo estaremos em outubro de 2018 e depois ele per-
    derá o foro privilegiado. O mais difícil vai ser livrar da cadeia depois
    de desocupar a cadeira presidencial…

  4. Juca
    domingo, 2 de julho de 2017 – 10:47 hs

    Tudo no mesmo nivel a moral e as poesias,tudo nivelado ao PT.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*