Sergio Moro determina bloqueio de R$ 3 milhões de Bendine | Fábio Campana

Sergio Moro determina bloqueio de R$ 3 milhões de Bendine

do Paraná Portal

O juiz federal Sérgio Moro determinou o bloqueio de até R$ 3 milhões do ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras, Aldemir Bendine, da empresa MP Marketing, Planejamento Institucional e Sistema de Informação Ltda e de seus supostos operadores de propina, André Gustavo Vieira da Silva e Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal e acatado por Moro.

O bloqueio deve ser implementado pelo BacenJud, sistema do Banco Central que executa ordens dessa natureza. O comprovante do confisco deve ser anexado nos autos da Lava Jato, conforme determinação de Moro.

A empresa de marketing seria controlada por André Gustavo Vieira da Silva. Segundo os investigadores, a empresa é “de fachada” e nunca teve quadro de funcionários.

O valor bloqueado equivale à propina que Bendine teria recebido da Odebrecht. As investigações apontam que os R$ 3 milhões teriam sido entregues em espécie em três parcelas, cada uma de R$ 1 milhão. O repasse teria acontecido em um apartamento em São Paulo, alugado por Antônio Carlos.

De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, os pagamentos foram efetuados em 2015, nos dias 17 e 24 de junho e 1º de julho pelo Setor de Operações Estruturadas, que o departamento de propinas da empreiteira.


Um comentário

  1. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    sexta-feira, 28 de julho de 2017 – 10:49 hs

    Sergio Moro, ficará na história.
    Parabéns. CADEIA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*