Rocha Loures em casa | Fábio Campana

Rocha Loures em casa

Rodrigo Rocha Loures foi solto na manhã de hoje na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. A revogação da prisão preventiva foi determinada ontem pelo ministro Edson Fachin, do STF. A demora na soltura aconteceu porque não havia tornozeleiras eletrônicas disponíveis em Brasília e foi necessário trazer uma de Goiás. O advogado de Loures afirmou que ele foi direto para casa encontrar sua família. Loures deve permanecer em sua residência no período noturno e está proibido de entrar em contato com outros investigados. Também está proibido de viajar para o exterior.
Ele deve ficar em casa entre as 20h e as 6h, nos dias de semana, e durante todo o dia aos finais de semana e feriados.


2 comentários

  1. JÁ ERA...
    domingo, 2 de julho de 2017 – 5:00 hs

    Se a justiça não considera uma prova robusta das gravações em
    que o Loures leva uma mala cheia de dinheiro, o Facchin errou.

  2. sergio
    domingo, 2 de julho de 2017 – 9:51 hs

    Ladrão confesso. Deve ser uma vergonha para sua família
    e para seu filho que vai nascer.

    Pior que ele é o Juízes do STF que estão manobrando para
    livrar um bando de ladrões e corruptos da punição.

    O STF, envergonha o Brasil.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*