Rir para não chorar | Fábio Campana

Rir para não chorar

Painel, Folha de S. Paulo

Nos corredores do Planalto, a réplica se alastrou em forma de troça. Auxiliares do presidente afirmaram que, prestes a deixar o cargo, em setembro, o procurador-geral deu início a uma campanha para assumir a presidência da Fundação Nacional do Índio.


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 4 de julho de 2017 – 10:48 hs

    Flechas de bambu são as de pior qualidade e mais vagabundas. Coisa de país de terceiro mundo. Nos países civilizados usa-se material muito mais adequado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*