Primeiro a família e os amigos, depois o povo | Fábio Campana

Primeiro a família e os amigos,
depois o povo

Não é atitude nova na política nativa. Ao contrário. Esse tipo de comportamento desembarcou no Brasil com Pedro Alvares Cabral. Mas é exatamente esse tipo de político que o país faz um esforço para deletar de vez. Marx Beltrão, que leva no nome mas nada tem a ver com o filósofo alemão, não tem pejo, nem fica corado ao fazer das suas.

Pois, pois, o novo ministro do Turismo Marx Beltrão tem privilegiado a família e os aliados em repasses de verbas públicas, constata matéria de João Pedro Pitombo, na Folha de São Paulo. De um total de R$ 84,6 milhões distribuídos para governos e prefeituras entre janeiro e julho deste ano, R$ 11,3 milhões foram para cidades alagoanas, base eleitoral de Beltrão. O Ministério do Turismo diz que o repasse para os municípios é resultado do cumprimento de emendas parlamentares. Alagoas tem nove deputados e três senadores.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*