Postos de Curitiba reajustam preço da gasolina após aumento de impostos | Fábio Campana

Postos de Curitiba reajustam preço da gasolina após aumento de impostos

da Banda B

O governo aumentou nesta quinta-feira (20) as alíquotas do PIS/Cofins para gasolina, etanol e diesel e vai contingenciar o Orçamento em mais R$ 5,9 bilhões. Esta medida, segundo a previsão de especialistas, vai aumentar em R$ 0,41 o preço final ao consumidor e isso já foi verificado pelas ruas de Curitiba.

Na Av. Vereador Toaldo Túlio há quatro postos de combustíveis. Dois deles já estavam com preço novo e outros dois ainda não e, por isso, permaneciam lotados no início da manhã desta sexta-feira. Um dos estabelecimentos reajustados vendia ontem gasolina a R$ 3,09 o litro, já nesta manhã o preço era de nada mais nada menos que R$ 3,79.

A Banda B esteve em um dos postos com preço mais em conta e recebeu a seguinte informação do frentista, que não será identificado. “Por enquanto está no mesmo preço, mas assim que o patrão chegar vai aumentar”, afirmou.

A mesma situação acontece nos demais bairros de Curitiba. Nas Mercês, um posto na Av. Manoel Ribas, que vendia gasolina ontem a R$ 3,09, cobrava o litor agora a R$ 3,39.


Um comentário

  1. Manoel Correa
    sexta-feira, 21 de julho de 2017 – 9:04 hs

    1) É fácil governar “com responsabilidade fiscal” quando a tal responsabilidade fiscal não reduz as despesas do governo e só aumenta os impostos sobre a população. 2) Os postos são uma máfia, mal foi divulgado o aumento de impostos e o preço dos combustíveis disparou. 3) A tigrada vai ter que deixar o carro na garagem, pois pagar R$ 3,80 num litro de gasolina comum é um absurdo!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*