Pode vir aumento de impostos por aí | Fábio Campana

Pode vir aumento de impostos por aí

O governo anda estudando uma forma de cobrir um rombo de R$ 10 bilhões no orçamento de 2017. Michel Temer e Henrique Meirelles conversam a respeito para bater o martelo sobre o assunto ainda hoje, já que pretendem anunciar amanhã o relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas do Orçamento.
O mais provável é que a tributação sobre combustíveis, por meio do PIS e Cofins ou da Cide, seja adotada para melhorar as contas públicas.


3 comentários

  1. Daniel Fernandes
    quarta-feira, 19 de julho de 2017 – 12:35 hs

    Eu tenho uma singela solução para os rombos:
    ‘Roubem menos’.

  2. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 19 de julho de 2017 – 13:31 hs

    Media oportuna e justa. Tem carros demais nas ruas. Paga e não bufa.

  3. Daniel Fernandes
    quarta-feira, 19 de julho de 2017 – 13:44 hs

    Novamente concordo, Doutor Prolegômeno.
    Carros demais.
    Fazendo uma observação: No centro de Curitiba, quem dá-se mal é o pedestre.
    Pois corre o risco de ser atropelado por carros. E por bicicleteiros, skatistas, etc.
    Estas pessoas largaram os carros para usar meios ‘alternativos’ de transporte, mas continuam em uso da mesma falta de educação de quando usavam carros.
    Fica aqui o meu pedido para eles. Pode TODO MUNDO, respeitar o pedestre? Ele tem direitos também!
    A cidade antes era dos carros. Agora é dos carros, das bicicletas, etc.
    Quando poderá ser uma cidade para os pedestres TAMBÉM (algo que nunca foi)?
    P.S.: não tenho carro, nem moto, nem nenhuma outra geringonça desnecessária e custosa. Nasci com dois pés.
    E existem táxis e ônibus, quando preciso ir mais longe.
    Ter carro como símbolo idiota de status?
    Nem vem. Acho que meu status pode ser mostrado por outros meios, nenhum deles podendo ser visualizado com os olhos.
    Obrigado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*