Para não perder a fé | Fábio Campana

Para não perder a fé

 

O senador José Reguffe, que não tem partido, do começo do ano até agora gastou R$ 534,04 de sua verba de gabinete. Não utiliza auxílio-moradia, abriu mão do 14° e 15° salários, do plano de saúde especial (que é vitalício para senadores), da previdência especial (optando por continuar contribuindo ao INSS), do caro oficial e reduziu sua verba de gabinete e o número de cargos de 55 para 10.
Ele propôs Projetos de Lei e Emendas à Constituição bem interessantes, dê uma olhadinha:

– PEC 2/15 – proíbe a tributação sobre remédios de uso humano
– PEC 3/15 – proíbe que parlamentares possam se reeleger mais do que uma única vez
– PEC 4/15 – fim da reeleição para cargos executivos
– PEC 5/15 – decreta a perda de mandato para pessoas que se elegerem parlamentares e forem ocupar cargos no executivo, como ministérios ou secretarias
– PEC 6/15 – permite que as pessoas possam ser candidatas sem filiação partidária
– PEC 8/15 – institui a revogabilidade de mandatos, perdendo o mandato os eleitos que contrariarem frontalmente o que colocaram como compromissos de campanha (os candidatos a todos os cargos eletivos passam a ter que registrar suas propostas e compromissos na justiça eleitoral)
– PEC 9/15 – institui o voto distrital
PEC 10/15 – institui o voto facultativo no Brasil, com o fim do voto obrigatório
– PEC 52/15 – institui concurso público para escolha de ministros do STF, STJ e TCU, com mandato de cinco anos
– PLS 247/15 – obriga os governos a publicarem na internet os seus gastos pormenorizados e por valor unitário (aumentando a transparência e facilitando a fiscalização dos cidadãos)
– PLS 251/15 – reduz o número de deputados federais de 513 para 300
– PLS 261/15 – proíbe o BNDES de financiar projetos no exterior
– PLS 715/15 – permite que se utilize o FGTS para a educação e qualificação profissional do trabalhador ou familiar
– PRS 6/15 – reduz os gastos dos gabinetes dos senadores para menos da metade que é hoje
– PRS 47/15 – acaba com a verba indenizatória dos senadores


16 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 12:45 hs

    Regabofe?

  2. Veredito
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 13:01 hs

    Claro que um político com estes projetos não vai muito longe, pois afronta os interesses da maioria absoluta em todo o território nacional.

  3. ANTONIO
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 13:02 hs

    Fabio, os Senadores do Paraná, deveriam seguir o exemplo do colega de Brasília. Hoje eu vejo o senador Álvaro Dias (candidato a Presidência da República), um dos maiores demagogos do Brasil, pois jamais entrou com um projeto para diminuir os gastos no Senado. O Senador Requião, além do salário de Senador, recebe aposentadoria de Governador no Paraná. Fabio, somente resta para nós Paranaense não votar mais, nestes três picaretas.

  4. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 13:22 hs

    Tem que ver se o Ragufe apoia o Temer,ai não vai precisar de outra verba mesmo.

  5. Xurupita
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 13:26 hs

    Excelente! Não conhecia o trabalho desse senador. Pena que coisas boas assim não viram notícia.

  6. TADEU
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 13:29 hs

    Fabio, os Senadores do Paraná, deveriam seguir o exemplo do colega de Brasília. Hoje eu vejo o senador Álvaro Dias (candidato a Presidência da República), um dos maiores demagogos do Brasil, pois jamais entrou com um projeto para diminuir os gastos no Senado. O Senador Requião, além do salário de Senador, recebe aposentadoria de Governador no Paraná. Fabio, somente resta para nós Paranaense não votar mais, nestes três picaretas.

  7. Anônimo
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 13:42 hs

    lindo o projeto de lei .
    Más é como o patrão do ratinho pai, Alborgeti; Que pregava a pena de morte no bradsil.
    Alborgrti morreu é a pena de morte só foi para ele………..

  8. pato-branquense
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 14:18 hs

    Esse, sim, valeria a pena votar….vejam a qualidade dos projetos que propôs….pena que está lá, pregando sozinho no deserto…

  9. Aldoney Batista Siqueira
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 15:17 hs

    Este parece estar interessado em mudar alguma coisa. Porém esbarra em grande parte da corja que mama nas tetas do Congresso Nacional as custas do suado dinheiro dos impostos que o povo paga. Já passou da hora de se fazer alguma coisa, mas como diz um velho ditado: “nunca é tarde para se mudar alguma coisa” quem sabe existam mais alguns parlamentares de caráter e vergonha na cara, que venha encampar e apoiar estes projetos, mudando assim este sistema que já faliu à muito tempo. Só está bom pra aqueles(as) que atualmente fazem parte da corja de corruptos que vem destruindo o Brasil. Chega de destruição, vamos apoiar a iniciativa deste parlamentar, que parece imbuído de boas intenções…avante povo BRASILEIRO, “verás que um filho teu não foge a luta…”. Cadê a mídia para apoiar e divulgar estes projetos…?

  10. quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 15:42 hs

    Tenho acompanhado as falas desse senador, confesso queque ainda me causa dúvida porque votou pelo impeachment de Dilma. É um dos poucos senadores que pode continuar no senado, desde que não seja pau mandando.

  11. quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 19:35 hs

    APOIADO, MAS COM ESSES LADRÕES E CORRUPTOS NO PODER, ISSO AI JÁ + SERÁ APROVADO.

  12. quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 20:18 hs

    Que pena que esses projetos não tem como objetivo de mudar o Brasil, e sim de querer se promover com algo que jamais será aprovado. Pois trata-se de utopias que nem ele mesmo quer. Se assim fosse, não estaria na política a anos. Muito menos usufruindo de cargo político sem partido. Haja vista que cargos pertencem aos partidos e não aos seus filiados. Em 2018 vou lembrar de uma frase que ouvi da aecretaria desse tão nobre ” senador” ele trabalha só pelo coletivo e não atende pedidos pessoais. Vou lembra- lo que o meu voto é pessoal. E que quando o seu flho saou da maternidade a sua baba precisou de um favor meu (vacina h1n1

  13. Trumpista
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 20:39 hs

    O senador foi eleito pelo DF.

  14. Fátima
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 21:01 hs

    Esse é meu cando dato desde sempre é me representa. Vamos arrochar os outros para seguir esse mesmo exemplo.

  15. JOAO BOSCO MARCOLINO TORRES
    quinta-feira, 27 de julho de 2017 – 9:07 hs

    Esse é político de um mandato só, pois o próprio povo joga ele fora. Nós mesmos é que não prestamos e voltamos em todo vagabundo que ja é conhecido como ladrão, várias vezes.

  16. Fábio Pacheco .
    quinta-feira, 27 de julho de 2017 – 19:33 hs

    Gostei e vou verificar a procedência das informações … Conhecer melhor a história deste parlamentar , caso as informações sejam realmente verdadeiras , indicarei seu nome através das redes sociais , grupos e outros … Para que se espalhe e quem sabe , com transparência e responsabilidade , este cidadão chegue a uma possível candidatura presidencial . Vejo vários comentários a cima , referindo-se ao cidadão sendo uma ” agulha no palheiro ” , realmente é triste . Por outro lado , podemos estar a ponto de dá o troço nestes políticalhos facistas e medíocres que hoje estão no poder , pregando a miserabilidade da nação à interesses obscuros da NAÇÃO !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*