O último trunfo de Meirelles | Fábio Campana

O último trunfo de Meirelles

do Noblat

O presidente Michel Temer esperou que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, lhe entregasse o que ele não entregou até aqui: desemprego em baixa e crescimento em alta. Era o que mais desejava.

De sua parte, Meirelles espera que Temer lhe entregue o que no momento ele jamais poderá entregar: mão pesada para promover cortes de gastos e barrar a criação de novas despesas.

Como pedir mão pesada a um presidente sem força para dizer não? Meirelles arrisca-se a sacar em breve o único trunfo que lhe resta: o de ameaçar ir embora. Se for, Temer acabará indo também.


Um comentário

  1. Diego
    quarta-feira, 26 de julho de 2017 – 17:03 hs

    Diante do desejo pessoal dos dois, e da constatação de que cortar despesas é uma impossibilidade, qual a outra alternativa senão aumentar impostos?

    O povo brasileiro vai entender?

    Os políticos desarmaram o povo e perderam o medo do seu eleitor faz muito tempo.

    Como disse o Olavo de Carvalho (em outras palavras que agora não lembro): “Um governante eleito por um povo armado tende a respeitar muito mais seu eleitor”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*