O mestre mandou | Fábio Campana

O mestre mandou

Painel, Folha de S. Paulo

Diante do silêncio de grande parte da base de Michel Temer sobre a denúncia de Rodrigo Janot, o PMDB vai pedir aos 63 deputados do partido que declarem voto contrário à aceitação da ação contra o presidente. Com a estratégia, a sigla pretende influenciar outras bancadas a adotar a mesma atitude. Os líderes do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e no Congresso, André Moura (PSC-SE), serão acionados para estimular o centrão a manifestar o apoio ao peemedebista.

No PMDB, a ordem é impulsionar a presença dos deputados na votação no plenário da Câmara. Líderes do partido entendem que é fundamental votar contra a denúncia para mostrar “força e unidade” em torno de Temer.


3 comentários

  1. Franchico
    segunda-feira, 3 de julho de 2017 – 9:16 hs

    O povo está de olho. Quem votar a favor de Temer, NÃO se reelegerá.

  2. Pirado
    segunda-feira, 3 de julho de 2017 – 10:17 hs

    – O ATAQUE DE JOESLEY , JANOT, FACHIN e GLOBO A TEMER E AÉCIO DEU RESULTADO, FUNCIONOU: O PT RESSUSCITOU E HOJE VOLTA A SER IMBATÍVEL NUMA ELEIÇÃO DIRETA COM LULA!!!

    – PARABÉNS, FACHIN!!!!

  3. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 3 de julho de 2017 – 13:26 hs

    Vergonha,aguardo a manifestação do sr Hauly e Canziane que estão em cima do muro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*