Negado habeas corpus a tatuador de 'eu sou ladrão e vacilão' em jovem | Fábio Campana

Negado habeas corpus a tatuador de ‘eu sou ladrão e vacilão’ em jovem

O pedreiro Ronildo Moreira de Araújo, preso em flagrante sob a suspeita de ter participado da tatuagem na testa de um adolescente de 17 anos com a frase “eu sou ladrão e vacilão”, entrou com pedido de liberdade no STJ.
O habeas corpus foi rejeitado ontem pela ministra Laurita Vaz, que repetiu a sentença da Justiça de São Paulo, quando o pedido foi feito pela primeira vez, dizendo que o pedreiro cometeu crimes considerados graves e as atitudes dele denotam periculosidade e insensibilidade.
O adolescente, que é dependente de crack, está internado na clínica de reabilitação Grand House, em Mairiporã (na Grande SP), desde o dia 13 de junho, onde iniciou o tratamento para remoção da tatuagem. Tanto o tratamento antidrogas quanto o estético foram oferecidos gratuitamente ao adolescente após a repercussão do caso – o primeiro deve durar seis meses e o procedimento estético, pelo menos, até março do ano que vem.


4 comentários

  1. Azedo
    terça-feira, 11 de julho de 2017 – 15:11 hs

    Estranho: essa mesma ministra Laurita Vaz ter soltado o médico-estuprador-monstro Roger Abdelmassih após condenado em todas as instâncias, foragido e depois preso novamente e agora vir manter preso esse pedreiro por considerar seus crimes graves e suas atitudes denotarem periculosidade e insensibilidade.

    Qual a noção de “periculosidade e insensibilidade” que essa ministra tem?

    Um médico que sedou e estuprou suas pacientes (mais de trinta!), e fugiu do país pra não ir preso por acaso é bonzinho e sensível?

    Brasil, país do avesso quando o assunto é justiça.

  2. terça-feira, 11 de julho de 2017 – 16:34 hs

    Se esse muleque vagabundo estivesse preso por ter matado o tatuador ja estaria solto,mas é BRASIL pais que só os vagabundo tem direito eta paisinho de merda….esses politicos todos corrupto que verrgonha da desses politico q só fazem leis para os marginais .EXERCITO BRASILEIRO POR FAVOR VOLTEM,FAÇA UMA INTERVENÇAO NAO AGUENTAMOS MAIS VIVER A MERCE DESSES MARGINAIS.POR FAVOR.

  3. terça-feira, 11 de julho de 2017 – 16:42 hs

    Voces viram alguma reportagem sobre os vagabundo que mataram um PM e um vigilante em Minas Gerais,nao neh!porque foi vagabundos q mataram dois trabalhadores se fosse o contrario tinha aparecido em todos os jornais e televisao.Mas nao ate quando vai continuar isso vagabundo mandando no pais.

  4. Rr
    terça-feira, 11 de julho de 2017 – 19:38 hs

    Vagabundo não se tatua,se elimina.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*