Mortos, devolvam o dinheiro | Fábio Campana

Mortos, devolvam o dinheiro

Michel Temer está se virando nos 30 para conseguir reforçar o caixa do governo.
Assinou hoje uma Medida Provisória para estabelecer regras para recuperar recursos pagos pela União, como salários e benefícios, a pessoas que morreram – não se aplica aos benefícios do Bolsa Família.
A medida promete cerca de R$ 1 bilhão em 2017.
O texto diz que “Na hipótese de não haver saldo suficiente para a restituição, inclusive em investimentos de aplicação ou resgate automático, a instituição financeira restituirá o valor disponível e comunicará a insuficiência de saldo ao ente o público”.


4 comentários

  1. Glauco Burkel
    terça-feira, 25 de julho de 2017 – 14:38 hs

    Preparem-se: isso está dando indícios de que vai mexer nas aposentadorias. Parece loucura, mas tudo pode acontecer num governo que abertamente compra vários políticos – verdadeiros ratos – para aprovar os seus projetos.
    Enfim, o povo que berrou nas ruas que não ia pagar o pato – naquelas manifestações que, realmente, não foram contra a corrupção, e, sim, descontentamento com os resultados das urnas – vai pagar o pato, sim.
    Estou esperando os povos nas ruas com as bandeiras, com as camisas da CBF, famílias com crianças, cachorrinhos tosadinhos para aparecer na TV Globo, a cervejinha na mão, berrando, gritando contra a ‘corrupção’, apoiando a Lava Jato.
    Vou esperar ‘deitado eternamente’……
    Povo hipócrita.
    Paguem o pato, sim!

  2. eleitor desmemoriado
    terça-feira, 25 de julho de 2017 – 15:49 hs

    O canalha do presidento não corta aonde pode e quer tirar o que não pode de quem não tem. Já que a situação é tão desesperadora assim porque não manda para rua estes mais de 100 mil Cargos Comissionados? Não, isto ele não faz, prefere enfiar a mão nos nossos bolsos aumentando semanalmente o preço dos combustíveis.

  3. Glauco Burkel
    terça-feira, 25 de julho de 2017 – 16:43 hs

    Onde escrevi ‘aposentadorias’, leia-se ‘poupanças’!

  4. Glauco Burkel
    terça-feira, 25 de julho de 2017 – 16:43 hs

    Onde escrevi ‘aposentadorias’, leia-se ‘poupanças’!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*