Moro: 'Vaccari roubava para o PT' | Fábio Campana

Moro: ‘Vaccari roubava para o PT’

O juiz Sergio Moro enviou ofício ontem para desembargador João Pedro Gebran Neto, do TRF da 4ª Região, com informações que considera relevantes sobre os julgamentos do ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto. A mensagem de Moro faz referência a uma das condenações de Vaccari, que nessa ação penal foi absolvido em segunda instância por ausência de provas suficientes.As informações são de Hugo Marques na Veja.

Sergio Moro disse que é verdade que em nenhuma das condenações de Vaccari ficou comprovado que o ex-tesoureiro tenha aumentado o patrimônio pessoal a partir dos desvios de recursos na Petrobras. O dinheiro tinha outro destino: “Importante esclarecer que não há prova material de enriquecimento ilícito de João Vaccari Neto, pois, considerando os casos já julgados, roubava ele para o partido e não para ele próprio”. Para o juiz, “descabe exigir prova material do que aparentemente não ocorreu, o enriquecimento pessoal”.

Segundo Sergio Moro, há provas materiais de que os valores desviados eram carreados para o PT. “Era ele (Vaccari) o principal arrecadador de vantagens indevidas junto às empresas fornecedoras da Petrobras para a campanha do Partido dos Trabalhadores”. Para o magistrado, Vaccari teve um papel central no esquema criminoso e deve continuar preso.

O juiz fez um resumo de condenações de Vaccari em quatro outras ações penais, que somam mais de 30 anos de prisão, e lembrou ao desembargador responsável pelo processo que o ex-tesoureiro ainda responde a outras três ações que tramitam na Justiça Federal em Curitiba.


7 comentários

  1. Sergio Silvestre
    sábado, 8 de julho de 2017 – 9:57 hs

    Isso prova que o “NORO”(rebaixado o M para N)é um juiz parcial,o Vacari foi solto por não ter provas contra ele,já o “juiz”em detrimento a outros tezoureiros que voavam com malas ,só o Vacari é culpado.
    Vai ser parcial assim lá em MIAMI.

  2. Valmor Lemainski - Cascavel
    sábado, 8 de julho de 2017 – 10:32 hs

    Creio que o Sergio Silvestre já tenha encaminhado correspondência ao Vaticano solicitando ao Papa Francisco a canonização do Vaccari. Está parecendo aquela história que o marido abriu a porta do quarto e viu outro homem em cima da mulher… Como percebeu que hão havia coito, ficou feliz por não ser corno…

  3. Palpiteiro
    sábado, 8 de julho de 2017 – 11:35 hs

    Estranho isso. Uma inovação. Um juiz recorrendo da reforma da sua própria sentença. Deve ser o código de processo penal da república bananeira de Curitiba.

  4. sábado, 8 de julho de 2017 – 19:07 hs

    Moro teve todas as condições para investigar Vacari e Lula e a única coisa que traz são inalações de possíveis crimes dos dois, pelo amor de Deus o cara é representante da justiça deveria ter mais cuidado ao dar sentenças das quais não vem acompanhadas de provas concretas ou seja palpáveis que sejam verdadeiras sem que alguém possa contesta-las.

  5. Parreiras Rodrigues
    domingo, 9 de julho de 2017 – 12:38 hs

    Ilações, Rock, ilações. Ninguém consegue inalar Vacari e Lula tão nauseantes são.

  6. Jotinha
    segunda-feira, 10 de julho de 2017 – 0:01 hs

    kkkkkkkkkkkk

  7. BETO
    segunda-feira, 10 de julho de 2017 – 10:34 hs

    Vaccari ROUBAVA para LULA DA SILVA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*