Mil empresas devem R$ 211 bilhões à Previdência | Fábio Campana

Mil empresas devem R$ 211 bilhões à Previdência

A CPI da Previdência fez levantamento dos 1.000 maiores devedores da Seguridade Social e o total das dívidas supera os R$ 211 bilhões ou cerca de 50% a mais que rombo previsto para as contas públicas este ano. Desse total, apenas R$ 27,7 bilhões já foram negociados com as empresas e têm pagamentos parcelados. Os outros R$ 183,3 bilhões seguem listados como calote e constam na dívida ativa previdenciária.

Encabeçando a lista aparece a mineradora Vale, com R$ 13,1 bilhões, sendo 93,6% (R$ 12,2 bilhões) já parcelados junto ao governo. Somente a JBS de Joesley Batista deve R$ 2,9 bilhões à Previdência. Está entre os cinco maiores devedores. Por que isso não surpreende?

As extintas Varig, Vasp e Transbrasil figuram entre as maiores devedoras: R$ 14,3 bilhões ainda não negociados. A dos Estados Unidos é a única embaixada na lista do calote, que vexame. Deve R$ 61,5 milhões à combalida Previdência brasileira.


6 comentários

  1. VISIONÁRIO
    segunda-feira, 3 de julho de 2017 – 16:09 hs

    Sempre escrevi neste blog que a maior sacanagem que este gover-
    no maldito impõe aos brasileiros é não cobrar absolutamente nada
    de seus maiores devedores, entre eles os vários bancos; incluindo o
    Banco do Brasil, Caixa Economica Federal, inúmeros times de fute-
    bol e assim vai…
    Se de um lado estas instituições devem e não pagam há anos por-
    que os contribuintes precisam pagar os altos impostos embutidos em
    tudo e principalmente o famoso “leão” ???? Que algum brasileiro de
    bem sonegue alguns centavos do governo… vai pagar tudo com mul-
    tas e correção. Está difícil viver em um país como este onde o gover-
    no adota um peso e várias medidas só para ferrar o contribuinte !!!!!!!

  2. segunda-feira, 3 de julho de 2017 – 16:48 hs

    “Realmente esse País é um País do faz de conta que sofre de complexo de Alice e da síndrome de Estocolmo. O governo literalmente ‘FINGE’ que fiscaliza. E as empresas igualmente ‘FINGEM’ que pagam. É preciso urgentemente cobrar esses ‘SONEGADORES’ antes de exigirem mais sacrifícios da população QUE JÁ ESTÁ POR DEMAIS SACRIFICADA…” – Profº Celso Bonfim

  3. Viezzer
    segunda-feira, 3 de julho de 2017 – 18:15 hs

    E o vice da Dilma vai falar sobre isso?

  4. EUDENOVO
    terça-feira, 4 de julho de 2017 – 11:32 hs

    Eles já não podem esconder a roubalheira.Quando não existia internet era fácil aplicar golpes em cima de golpes,hoje já é mais complicado.As informações andam na velocidade da luz e está cheio de blogs independentes que jogam para o público as noticias na integra,sem maquilagem e sem”desinformação” nas entrelinhas.Os mecanismos juridicos desenvolvidos pelos nobres narcoparlamentares limitam-se a cobrar multas que não alcançam nem um décimo das dívidas.Exemplo:a empresa “X” deve dez milhões.Negocia com os corruPTos e paga um milhão de multa,o que resulta num lucro de nove milhões para o devedor que por sua vez dá uma propina de quinhentos mil aos nobres que livraram sua cara.Simples assim.A diferença é tirada do suor e do sangue de quem trabalha.
    Vamos virar o jogo,Bolsonaro vai organizar esse galinheiro,com certeza.

  5. terça-feira, 4 de julho de 2017 – 12:35 hs

    E o que faz brasileiro diante de tal descaso para com a gestão de nosso pais? Sera que e de hoje essa situação? Sabemos que é a má gestão governamental o maior problema causador dos descasos com nosso povo. Não levamos tapas na cara porque nós gostamos mesmo é de tomar murro em cima de murro na nossa cara. Basta aguardar as próximas eleições pra comprovar isso. E antes que se fale: haverá grande renovação nos quadros políticos basta tomarmos por base as mudanças ocorridas neste ultimo pleito municipal. Renovar trocando apenas nomes ao invés de trocar posturas de nada valera a comunidade local, ao ente da federação e muito menos a esta nação que a grande maioria não tem mínima noção do que significa. Sobre a questão financeira do país estamos tão dominados pela ignorância da cidadania que mesmo diante de informações que provam o potencial e riqueza do nosso país muitos apoiam as “necessárias” reformas.

  6. terça-feira, 4 de julho de 2017 – 14:33 hs

    E o que faz o brasileiro diante de tal descaso com a gestão de nosso pais? Sera que e de hoje essa situação? Sabemos que a má gestão governamental e a maior causa dos descasos com nosso povo. Não levamos tapas na cara porque nós gostamos mesmo é de tomar murros violentos na cara. Basta aguardar as próximas eleições pra comprovar isso. E antes que se fale que haverá grande renovação nos quadros políticos basta tomarmos por base as mudanças ocorridas neste ultimo pleito municipal. Renovar trocando apenas nomes ao invés de trocar posturas de nada valera para benefício da comunidade local, daoE o que faz brasileiro diante de tal descaso para com a gestão de nosso pais? Sera que e de hoje essa situação? Sabemos que é a má gestão governamental o maior problema causador dos descasos com nosso povo. Não levamos tapas na cara porque nós gostamos mesmo é de tomar murro em cima de murro na nossa cara. Basta aguardar as próximas eleições pra comprovar isso. E antes que se fale: haverá grande renovação nos quadros políticos basta tomarmos por base as mudanças ocorridas neste ultimo pleito municipal. Renovar trocando apenas nomes ao invés de trocar posturas de nada valera a comunidade local, do ente da federação e muito menos desta nação que a grande maioria não tem mínima noção do que significa. Sobre a questão financeira do país estamos tão dominados pela ignorância da falta de cidadania que mesmo diante de informações como esta aqui comentanda, que mostra o potencial e riqueza do nosso país ainda sim ha quem apoie as “necessárias” reformas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*