Meirelles se aproxima dos evangélicos | Fábio Campana

Meirelles se aproxima
dos evangélicos

Do Painel da Folha

Henrique Meirelles foi uma das estrelas da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, na segunda (3). O evento reuniu mais de 4.000 pastores e não estava na agenda oficial do ministro da Fazenda.

LUPA
A aproximação de Meirelles e da igreja está sendo monitorada por dirigentes partidários. Eles desconfiam que o movimento pode estar relacionado a uma eventual pretensão do ministro de ser candidato à Presidência em 2018. A igreja tem mais de 20 milhões de seguidores.

BRIGADEIRO
Meirelles participou também, sempre em caráter pessoal, da festa de 106 anos da Assembleia de Deus, no Pará, em junho. E foi ao aniversário de 85 anos de Manoel Ferreira, bispo primaz mundial das Assembleias de Deus, em Brasília.

FICHA LIMPA
A aproximação “tem sido iniciativa até pessoal dele”, diz o pastor Lelis Washington Marinhos, um dos líderes da igreja. Sobre eventual candidatura, ele diz: “O ministro não está envolvido em nada, tem respaldo de empresários e até internacional. A economia cresce”. Mas uma candidatura não tem sido discutida, diz.

TODO APOIO
Outro estímulo para a aproximação: ao contrário da Igreja Católica, a Assembleia de Deus não faz oposição às reformas do governo.


2 comentários

  1. Língua de Krocodillo
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 15:36 hs

    Não passa de um CANALHA a serviço da JBS…

  2. eleitor desmemoriado.
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 15:40 hs

    Meu Deus do céu, que cara mais vigarista, agora para administrar o País é preciso viver de puxar saco de pastor e padre? Em que país estamos nos transformando? Num de hipócritas, puxa sacos e mentirosos?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*