Marcelo Odebrecht e a honestidade em Cuba | Fábio Campana

Marcelo Odebrecht e a honestidade em Cuba

Guilherme Amado, O Globo

Marcelo Odebrecht afirmou em sua delação que não houve nenhum pedido de vantagem por parte de autoridades cubanas na construção do Porto de Mariel. No depoimento, Marcelo chega a dizer que a corrupção em Cuba “beira zero”, o que seria comprovado por ministros terem carros simples e morarem na mesma casa.


6 comentários

  1. FCarraro
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 3:28 hs

    A Revolução Cubana de Lula, José Dirceu e Cia tem inversão de valore$ totalmente alheio aos camaradas da Ilha…

  2. CAÇADOR DE VERMES
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 8:00 hs

    Conta essa pra outro. Vc esta querendo é proteger o chefe da quadrilha Lula da Silva. É público e notório o relacionamento e a afetividade entre Lula, Dilma, Dirceu e outros pelegos com, Cuba, Fidel e o regime socialista.

    Raça do Capeta, acabaram com o Brasil.

  3. Paulo Tadeu Macedo Neves
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 10:40 hs

    Grande mentiroso esse ladrão.
    Basta ir a Cuba para ver as mordomias dos mandantes.
    O papo que corre na ILHA é que lá o dinheiro dos PETISTAS está bem guardado.

  4. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 13:49 hs

    Eu garanto que os cubanos são mais íntegros,mais probos e que esses pobres diabos que comentaram acima.

  5. CAÇADOR DE VERMES
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 14:12 hs

    Sergio Silvestre

    Pobre diabo é vc seu doente mental. Vc faz parte da parcela de idiotas que ajudou a afundar o Brsil pelo fato de acreditar neste verme chamado Lula da Silva. Vc é doente mental Sergio Silvestre, Acorda.

  6. eleitor desmemoriado.
    quarta-feira, 5 de julho de 2017 – 16:01 hs

    kkkk mas não é este tipo de governo que o 51, o seu Zé e outros próceres pestsitas querem para o Brasil, eles querem um socialismo bolivariano, aquele em que os donos do Poder viram donos de tudo. E nós ficamos só com a conta.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*