Lamentável | Fábio Campana

Lamentável

Embora sejam compreensíveis como estratégia da defesa, não deixam de ser lamentáveis já que não encontram qualquer base fática e também não têm base em argumentos minimamente consistentes…

Juiz Sergio Moro a respeito das tentativas de Lula de contestar sua imparcialidade para atuar no processo do caso triplex.

(Foto Lula Marques/AGPT)


2 comentários

  1. CAÇADOR DE VERMES
    quinta-feira, 13 de julho de 2017 – 10:42 hs

    Força Juiz Sérgio Moro.

    Você tem o apoio da sociedade brasileira e certamente ficará na história. Nós sabemos que a Sentença foi proferida sem qualquer grau de parcialidade e com provas contundentes para tanto. Fique tranquilo pois todo o estardalhaço que esta vindo e virá já era esperado desta corja de safados e bandidos. LULA é um cidadão comum e tem que pagar pelos seus crimes como todo o cidadão comum. Agiu corretamente em sua sentença pois não se deve passar a mão na cabeça de ninguém, porque “foi” uma autoridade aliás, LULA agiu como um traidor do eleitor que confiou o seu voto nesse verme. CADEIA é o que o povo brasileiro espera da JUSTIÇA.

    O Brasil agradece.
    Parabéns e obrigado.

  2. CAÇADOR DE VERMES
    quinta-feira, 13 de julho de 2017 – 10:44 hs

    Força Juiz Sérgio Moro.

    Você tem o apoio da sociedade brasileira e certamente ficará na história. Nós sabemos que a Sentença foi proferida sem qualquer grau de **IMPARCIALIDADE (corrigindo o comentário anterior) e com provas contundentes para tanto. Fique tranquilo pois todo o estardalhaço que esta vindo e virá já era esperado desta corja de safados e bandidos. LULA é um cidadão comum e tem que pagar pelos seus crimes como todo o cidadão comum. Agiu corretamente em sua sentença pois não se deve passar a mão na cabeça de ninguém, porque “foi” uma autoridade aliás, LULA agiu como um traidor do eleitor que confiou o seu voto nesse verme. CADEIA é o que o povo brasileiro espera da JUSTIÇA.

    O Brasil agradece.
    Parabéns e obrigado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*