Investimento público cairá ao menor patamar em 15 anos | Fábio Campana

Investimento público cairá ao menor patamar em 15 anos

O Globo

O investimento público federal é hoje o retrato da deterioração fiscal brasileira. Com arrecadação fraca e um Orçamento engessado, o governo foi obrigado a jogar o investimento — principal alvo dos cortes de gastos — no chão. Obras importantes de infraestrutura estão paradas por falta de recursos. Diante disso, o Brasil caminha para fechar o ano com a pior taxa de investimento dos últimos 15 anos. Segundo levantamentos feitos por técnicos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo pesquisador do Ibre/FGV Manoel Pires, nesse período, a taxa de investimento do governo federal atingiu seu nível mais baixo, de 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB), em 2003. A expectativa em relação a uma retomada dos investimentos recairia, então, sobre o setor privado.

O volume de investimentos subiu para 1,1% do PIB em 2010, mas, desde então, vem caindo. Em 2015, chegou a 0,7% do PIB. No ano passado, houve um leve aumento, para 0,8% do PIB, mas isso não significa que a equipe econômica teve espaço para ampliar os investimentos. De acordo com Pires, que já foi secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, essa alta ocorreu porque o governo ampliou a meta fiscal de 2016 para um déficit de R$ 170 bilhões, o que permitiu o acerto de contas que estavam atrasadas. Para este ano, a meta é de um déficit de R$ 139 bilhões.


Um comentário

  1. JOHAN
    segunda-feira, 24 de julho de 2017 – 9:44 hs

    Caro FÁBIO, a sociedade está gritando por socorro para o surdo governo TEMER. Agora anuncia que os investimento em infra-estrutura serão menores ainda. A sociedade não pode esperar que as necessidades caiam do céu, apos esses 20 e tantos anos de socialismo de estado. É o momento de desinvestimento, privatização das estatais velhas ou mesmo a venda das empresas de economia mista que estão com capacidade de investimento. É HORA DE VENDER AS EMPRESAS ESTATAIS PARA COLOCAR RECURSOS NO CAIXA. A sociedade clama por ações propositivas. Onde estão dos senadores e deputados federais que não percebem essa oportunidade. Atenciosamente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*