Greca tem 70% de desaprovação, um recorde | Fábio Campana

Greca tem 70%
de desaprovação,
um recorde

Hoje, 1º de julho, o prefeito Rafael Greca completa seis meses ou 180 dias de mandato. O Instituto Paraná Pesquisas foi ao povo perguntar o que acha da administração. Os índices levantados são terríveis para o prefeito. Ora, pois, 70% dos curitibanos desaprovam sua administração. Nunca antes na história desta cidade um prefeito experimentou uma desaprovação desse tamanho. Hoje, Entre os governantes, Greca só está melhor, e por muito pouco, que o presidente Michel Temer.

Greca caprichou para chegar a esse patamar de desaprovação. Começou a gestão destruindo programas culturais e a Oficina de Música, que valorizavam a cidade. Não cumpriu nenhuma das promessas feitas em campanha. E fez descer, goela abaixo, qual óleo de rícino, um pacotaço de medidas indigestas que derrubam direitos e benefícios dos servidores públicos, como cancelar a data-base do funcionalismo. Para engrossar o caldo de vez, quer confiscar R$ 700 milhões da previdência municipal. Tudo em nome do enfrentamento da crise, mas nada o impediu de aumentar o número de nomeações em cargos em comissão. Muito além do prometido em palanque.

Há mais. Para azedar o humor das massas, Greca aumentou o preço das passagens em 15%, de R$ 3,70 para R$ 4,25. E os serviços de saúde pública que ele prometeu arrumar em 15 dias, pioraram e diminuíram. A degradação é extensa. No Leia Mais, um rol de itens de promessas não cumpridas por Rafael Greca:

• Não cumpriu a total reintegração do transporte coletivo metropolitano;

• Não requalificou todas as unidades básicas de saúde;

• Não reabriu e nem aumentou vagas em creches e berçários;

• Não cumpriu a promessa de limpar, varrer, carpir, lavar, pintar, reorganizar e requalificar os espaços públicos;

• Não revisou contratos entre a prefeitura e fornecedores terceirizados (ICI e coleta de lixo, por exemplo);

• Não reduziu secretarias e cargos comissionados.


7 comentários

  1. Pinocchio das araucárias
    sábado, 1 de julho de 2017 – 16:11 hs

    Na verdade esse boca de geléia é o maior mentiroso que apareceu , gosta de ferrar os servidores , já desde a outra vez que reinou na PMC .

  2. POVO
    domingo, 2 de julho de 2017 – 0:56 hs

    NÃO FOI SITADO NO POST O CAFÉ DE 70 MIL,ORÇADO PARA SATISFAZER A REALEZA!!!

  3. VISIONÁRIO
    domingo, 2 de julho de 2017 – 4:56 hs

    Curitiba merecia um prefeito de fibra que lutasse a favor da popu-
    lação que já está levando ferro do governo federal há longos anos.
    Todos nós sabemos que a situação não está boa financeiramente,
    porem termos um prefeito que empunha uma metralhadora e atira
    contra a população ninguem merece…

  4. SHOGUN
    domingo, 2 de julho de 2017 – 6:36 hs

    O mais triste de todos nós Curitibanos é que entra político e sai
    político e tudo continua piorando. Não temos opções decentes para
    que alguem coloque Curitiba novamente no roteiro de uma das cida-
    des exemplo do país. Éééé… o Greca e o Fruet passaram por Brasí-
    lia fazendo um belo estágio com a tigrada…

  5. Macambúzio
    domingo, 2 de julho de 2017 – 16:17 hs

    O fato de “ferrar os servidores” não faz de Greca um cara desaprovado PELO POVO, que é quem paga os servidores!! Ele é desaprovado mais porque gosta de “vomitar em pobre” do que por tentar colocar as finanças municipais em dia!!

  6. Juca da Pilha
    domingo, 2 de julho de 2017 – 17:30 hs

    Só 70%!!!????….. Está bem então….

  7. Sérgio Sipreste
    domingo, 2 de julho de 2017 – 18:38 hs

    O homem foi eleito pelo voto popular. Portanto, agora aguentem o tranco! Quem pariu Mateus, que o embale. Mas democracia é isso mesmo: a minoria menos burra paga as burrices da maioria burra…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*