Enquanto isso, no Twitter… | Fábio Campana

Enquanto isso, no Twitter…

… O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, usou o Twitter para deixar claro que o governo não tem relação alguma com o convite feito a Nicolás Maduro para uma rodada de consultas em Brasília. Na sexta-feira (21), integrantes do Mercosul convidaram políticos da Venezuela, incluindo Maduro, como um último recurso antes que seja tomada uma decisão sobre a saída do país do Mercosul.


5 comentários

  1. Azedo
    segunda-feira, 24 de julho de 2017 – 16:23 hs

    Se a ditadura de mierda da Venezuela não pode nem fazer parte do Mercosul (não enquanto for uma ditadura) por que raios então vão convidar seu ditador para vir “argumentar”?

    O Brasil tinha que virar as costas pra Venezuela e chamar nosso Embaixador de volta!

  2. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 24 de julho de 2017 – 16:25 hs

    Pois é,o Maduro pode até relutar em vim aqui nesse antro de bandidos e golpistas.

  3. agricultor
    segunda-feira, 24 de julho de 2017 – 17:26 hs

    ……relutar em vim aqui……

  4. JÁ ERA...
    segunda-feira, 24 de julho de 2017 – 17:36 hs

    O Ministro Aloisio Nunes deveria largar a diplomacia “a la Temer”
    para mandar o Maduro para a PQP. Não precisamos do cara no
    Mercosul.

  5. segunda-feira, 24 de julho de 2017 – 18:05 hs

    Aproveita e manda o SS para a Venezuela, afinal o cara é fan do Ditador Maduro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*