Dilma diz que Gleisi não participou da decisão de manter Costa na Petrobras | Fábio Campana

Dilma diz que Gleisi não participou da decisão de manter Costa na Petrobras

Estadão

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta sexta-feira, 28, em depoimento à Justiça Federal de Porto Alegre, que a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) não participou da manutenção de Paulo Roberto Costa como diretor da Petrobras.

Dilma é testemunha de defesa de Gleisi, na ação penal da Lava Jato que investiga ela e seu marido, ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo. Em delação premiada, Paulo Roberto Costa afirmou que a senadora recebeu R$ 1 milhão para a campanha da petista ao Senado Federal em 2010.

“Ela (Gleisi Hoffmann) não participava desta decisão. Não era do âmbito dela. A senadora é uma pessoa bastante séria e extremamente rígida, quando se trata de assuntos não só administrativos, mas relativos a execução de orçamento”, disse a ex-presidente. No depoimento, Dilma pontuou que o executivo foi demitido da estatal em 2011 quando Gleisi Hoffman estava no Planalto como ministra da Casa Civil.

Gleisi e Paulo Bernardo são réus, acusados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, desde setembro do ano passado. Paulo Bernardo chegou a ser preso, mas foi solto seis dias depois.

Por fim, Dilma Rousseff também assegurou desconhecer qualquer esquema envolvendo partidos políticos para indicação de cargos na estatal. “Não tenho informações e mais, a condição para ser diretor da Petrobras era ser da Casa e ter algum certo status dentro da carreira. Era esta a condição”, disse.

Dilma foi ouvida pelo juiz Paulo Marcos de Farias, auxiliar do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). De forma discreta, a ex-presidente acessou a 7ª Vara Federal de Porto Alegre pela entrada reservada aos magistrados.

O depoimento desta sexta-feira foi o segundo de Dilma na Justiça Federal em Porto Alegre. Em junho, ela falou como testemunha de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o filho dele, Luiz Cláudio Lula da Silva, investigados na Operação Zelotes pelos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa.


7 comentários

  1. AMO
    sábado, 29 de julho de 2017 – 9:45 hs

    Isso pouca importa agora, queremos mesmo saber é o que ela fala pro Paulo Boi a respeito do CHAMBINHO.

  2. henry
    sábado, 29 de julho de 2017 – 9:50 hs

    UMA QUADRILHEIRA, ASSALTANTE DE BANCO TENTANDO DEFENDER UMA RÉ. AFINAL, NÃO PASSAM DE vermes petistas.

  3. Laura Unni Moser
    sábado, 29 de julho de 2017 – 10:20 hs

    Agora só falta dizer que a Anta da Dilma acredita em Papai Noel e Coelhinho da Páscoa.

  4. Sergio Silvestre
    sábado, 29 de julho de 2017 – 11:07 hs

    Para os miquinhos puxas-saco daqui é uma decepção já que eles tem como mote a prisão da brava Gleise.
    O Blogueiro também ficou decepcionado né,afinal acabando com a condenação da Gleise acaba a musa inspiradora.

  5. Do Interior...
    sábado, 29 de julho de 2017 – 12:12 hs

    “Bastante séria”? Sério? E o que me diz do dinheiro surrupiado dos aposentados? E o apoio ao ditador e assassino Maduro?

  6. Do Interior...
    sábado, 29 de julho de 2017 – 12:13 hs

    É só olhar o ranking dos políticos do PT. Sugest8: comece do fim.

    http://www.politicos.org.br/

  7. sábado, 29 de julho de 2017 – 18:18 hs

    Kkk…uma terrorista defendendo uma ladra kkkk num sei qual a pior

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*