De fato e de direito | Fábio Campana

De fato e de direito


Rogério Bonato é cidadão de Foz do Iguaçu há décadas. Fez mais pela cidade e está mais integrado em sua vida que a maioria dos nativos. Agora, além de ser cidadão de fato, será de direito e com homenagem. A câmara de Vereadores de Foz entrega a este paulistano o título de Cidadão Honorário. Maior reconhecimento não há.

Bonato é um profissional da Comunicação e do Marketing. Um craque. Seu trabalho em defesa da cidade é importante. Mas Bonato tem outros predicados. É um artista plástico interessante e escritor que nos deu livros como Ara’puka, Gato Preto Gato Branco e Obesus Insanus.

Presidiu a Fundação Cultural de Foz do Iguaçu e criou o festival internacional de Humor Gráfico das Cataratas, com os irmãos Zélio e Ziraldo Alves Pinto. Um dos maiores já realizados no país. Chegou a reunir trabalhos de 92 países e 5.000 cartuns em média, por evento. Foi colunista do Pasquim e hoje dirige o jornal Gazeta do Iguaçu.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*