Com Dodge, delação de Delcídio corre risco de ser anulada | Fábio Campana

Com Dodge, delação de Delcídio corre risco de ser anulada

Radar On-Line, VEJA

Um dado é certo. Com o novo comando na PGR, a delação de Delcídio Amaral corre sério risco de anulação.

A delação de Delcídio, homologada no ano passado, implica Michel Temer, Lula, Dilma, Renan Calheiros e Aécio Neves.


2 comentários

  1. Leandro Ccato
    domingo, 9 de julho de 2017 – 10:09 hs

    Lamentável que o Ministério Público caiu na vala comum do descrédito! Assim como Policia Civil o Ministério público é instrumento essencial na tarefa de investigação, muito embora a CF não lhe contempla essa missão.

  2. FUI !!!
    domingo, 9 de julho de 2017 – 12:13 hs

    Neste empurra empurra de todas as camadas judiciais brasileiras
    o que é mais fácil afirmar que pouquíssimos ladrões e criminosos
    vão passar o resto de suas vidas na prisão. A imensidão dos recur-
    sos e “imensidão” dos cérebros de juristas sempre continuam dando
    mais algumas chances aos corruptos. Pobres brasileiros…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*