Avanços da Lava Jato | Fábio Campana

Avanços da Lava Jato

A revista Exame perguntou ao procurador Deltan Dallagnol quais os avanços institucionais que a Lava Jato permitiu. Ele citou dois: 1) Proibição do financiamento empresarial das campanhas eleitorais; 2) Possibilidade de execução da pena após a confirmação da condenação criminal em segunda instância;

Deltan tem esperança de que um terceiro se cumpra: a redução do foro privilegiado ao mandato vigente dos políticos.


3 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 28 de julho de 2017 – 12:44 hs

    Esses nefelibatas do serviço público acham que a única coisa que importa para a justiça é a lava jato. Queixam-se da morosidade da justiça que nesta operação anda a jato, enquanto para os milhões de processos de gente anônima, anda a passos de cágado perneta. Pessoas morrem e não veem o o fim dos seus processos. O Estado não paga precatórios e a justiça fica inerte de braços cruzados. Esses amanuenses de luxo acham que vivemos na Suíça ou nos EUA.

  2. Propheta
    sexta-feira, 28 de julho de 2017 – 12:51 hs

    Impressionante! 585.000 PETISTAS funcionários públicos recebiam Bolsa Família para fazer campanha para Lula e Dilma!!!
    Desses, 90.000 DEVOLVIAM O DINHEIRO DIRETO AO PT!!!
    E ESSES DOIS BANDIDOS AINDA ESTÃO SOLTOS?!!!!

    (Imprensa Ativa)

  3. Antonio Tadeu Meneses
    sexta-feira, 28 de julho de 2017 – 15:53 hs

    As penas para os “colarinhos brancos” devem ser cumprida igual para todo mundo, sem os privilégios de regime domiciliar em suas residências de luxo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*