Aécio volta ao Senado | Fábio Campana

Aécio volta ao Senado

Foto: Marcelo Camargo/EBC/FotosPúblicas

Depois de 46 dias, Aécio Neves volta ao Senado. Ele usará, daqui a pouco, o horário reservado ao PSDB na tribuna do plenário da Casa para fazer um pronunciamento para se defender das acusações que pesam contra ele, baseadas em gravações de conversa entre ele e  Joesley Batista na qual o tucano aparece pedindo R$ 2 milhões. Aécio é investigado pela PGR pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça.


2 comentários

  1. Azedo
    terça-feira, 4 de julho de 2017 – 16:26 hs

    Vai posar de vítima inocente (a culpa é da irmã e do primo).
    Vai dizer que sempre confiou na justiça (pagou juízes).
    Vai contar que era brincadeirinha dizer que ia matar o primo antes que esse delatasse qualquer coisa).
    Vai achar que com esse papo magro vai reconquistar seus ex-eleitores.
    Vai achando, vai…

  2. Jorge Armado
    terça-feira, 4 de julho de 2017 – 16:36 hs

    Um momento histórico. Para ser transformado em feriado nacional. Um dia de glória para a democracia brasileira.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*