A volta do discurso 'paz e amor'? | Fábio Campana

A volta do discurso ‘paz e amor’?

Foto: Ricardo Stuckert

Enquanto coloca seus leões de chácara para gritos malucos em todas as redes sociais e eventos no Brasil e fora, Lula disse ontem que quer discursos mais mansos e tranquilos “O Brasil precisa de menos ódio e mais amor, de menos ódio e mais paz, de menos ódio e mais tolerância, de menos preconceito e mais compreensão”.
Mas falar é diferente de fazer, um dia antes, ele provocava pessoas num evento em Diadema: “Quero saber onde estão os coxinhas agora depois do Temer governando este país. Cadê as panelas, hein?”
Sobre a falta de confiança dos brasileiros, Lula disse que “As pessoas no Brasil hoje estão com a autoestima baixa porque a economia está muito ruim, há uma desagregação do ânimo da sociedade por conta do desemprego”.
Para afirmar seu lado “paz e amor”, a família publicou foto do petista brincando com os netos, numa cena totalmente branda e familiar. Será que isso ajuda?


3 comentários

  1. Daniel Fernandes
    segunda-feira, 17 de julho de 2017 – 21:27 hs

    Isso é um sociopata.
    Tem todos os traços.

  2. FUI !!!
    terça-feira, 18 de julho de 2017 – 7:03 hs

    Seria prudente o Lula mudar o slogan da campanha “paz e amor”
    “cadeia e paz” ou “cadeia e me esqueçam”.

  3. BETO
    terça-feira, 18 de julho de 2017 – 8:19 hs

    Esse velho é um doente mental, passível de interdição, um perigo a sociedade descente. Tem que ser preso antes que cometa mais merda.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*