A tornozeleira de Rocha Loures | Fábio Campana

A tornozeleira de Rocha Loures

Ministério Público do Estado de Goiás pede que a Justiça reconsidere a negativa diante da requisição de busca e apreensão da tornozeleira cedida ao ex-deputado Rodrigo Rocha Loures. O órgão também já abriu inquérito para apurar se o político foi privilegiado ao receber monitoramento, já que há pedidos de 18 comarcas no estado para receber os aparelhos.

O pedido de busca e apreensão foi feito pelo MP-GO no último dia 13 de julho e negado pelo juiz Reinaldo Alves Ferreira um dia depois. O MP-GO fez o pedido de reconsideração na quinta-feira (20). Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO), o pedido do MP-GO ainda não chegou à 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual da Comarca de Goiânia, onde deve ser analisado.

No documento, o promotor Fernando Krebs argumenta que a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSPAP) “em momento algum informa a existência de qualquer convênio ou termo de cooperação com a União a amparar o açodado empréstimo da tornozeleira eletrônica”.

Além disso, afirma que equipamento foi cedido “sem qualquer formalidade ou motivação plausível, eis que o fez, como se diz em linguagem popular: ‘de boca’”. O promotor argumenta ainda que, atualmente, o Governo de Goiás, pede mais 5 mil tornozeleiras, o que comprova que o próprio estado reconhece que há carência do equipamento.

Anexo ao pedido de reconsideração, Krebs inseriu um documento do último dia 13 de julho que mostra que um preso não conseguiu receber a tornozeleira eletrônica por falta de equipamento no estado.
A SSPAP informou que Rocha Loures segue sendo monitorado pela tornozeleira cedida por Goiás. O órgão já havia negado que o político furou fila ao receber o equipamento.

Informações do G1


Um comentário

  1. Rogerio
    sábado, 22 de julho de 2017 – 10:25 hs

    Essa é a nossa justiça, se fosse um pobre que tivesse furtado um chocolate no supermercado estaria preso até hoje, mas como é um colarinho branco, fazem de tudo para solta-lo. É só apertar um pouquinho que ele abre o bico e contava com quem iria dividir aquela merreca que tinha dentro da mala Tem que manter isso viu!!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*