A novela da emissão de passaportes | Fábio Campana

A novela da emissão de passaportes

A Polícia Federal havia avisado que os recursos disponíveis para emissão de passaportes não chegariam até o final do ano. Depois, a PF avisou que o dinheiro estava acabando. O dinheiro acabou e os passaportes pararam de ser emitidos.
Escândalo. Revolta.
Foi votada a liberação de recursos de outros fins para que o serviço voltasse a operar. R$ 102 milhões.
Demorou cinco dias para encaminhar a liberação do crédito extra para o Palácio do Planalto e sanção do presidente.
Mas, por causa da mudança da origem da fonte do recurso é necessária uma análise técnica do Ministério do Planejamento.
Com isso, não há prazo para que a emissão do documento volte à regularidade.


Um comentário

  1. Marco Nascimento
    quarta-feira, 19 de julho de 2017 – 10:15 hs

    Viva a Burocracia Estatal !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*