Temer sem medo da delação de Rocha Loures | Fábio Campana

Temer sem medo da delação de Rocha Loures

Painel, Folha de S. Paulo

Auxiliares do presidente tentam minimizar o potencial de estrago que uma possível decretação de prisão de Rocha Loures pode ter sobre a já conflagrada base no Congresso. Dizem que Janot e Fachin estão seguindo roteiro “já previsto”.

Por isso, Michel Temer passou os últimos dias afirmando a aliados que não tinha nenhum receio sobre uma possível delação de Rocha Loures. Disse que o ex-assessor, chamado por ele mesmo de homem de sua “estrita confiança”, não tem nada que possa comprometê-lo.

O Planalto sabe, porém, que uma eventual prisão de Rocha Loures poderá detonar debandada de parte da base aliada que vinha torcendo por um “fato novo” que justificasse o desembarque do governo.


3 comentários

  1. JÁ ERA...
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 11:14 hs

    Claro que o Temer não precisa ter medo da delação do Rocha Loures. Desde a denúncia do Joesley o digníssimo Presidente anda de fralda geriátrica… Se vazar vai ser outra coisa.

  2. COMANDO
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 11:47 hs

    È um pretensioso, deveria ter vergonha na cara e renunciar já, e já vai tarde…

  3. sábado, 3 de junho de 2017 – 18:22 hs

    Quem duvida é porque tem receio. Mas quem não deve não deveria TEMER, será?
    A verdade é que ninguém escapa nesse balaio de gatos da política nacional. Quem não afana mais, claro que afana menos no corroído Legislativo brasileiro.
    Certa feita, o jornal espanhol El País escreveu que ser político no Brasil é um grande negócio, dadas as grandes vantagem auferidas. Por isso, a maioria dos políticos enriquecem e não querem mais largar a vida parlamentar.
    O Brasil apolítico, trabalhador e honesto, deseja que todos aqueles envolvidos e de comprovada culpabilidade na Lava-Jato, JBS etc. sejam exemplarmente punidos e que tenham os seus direitos políticos cassados para sempre.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*