TCE auditará contas das universidades estaduais | Fábio Campana

TCE auditará contas das universidades estaduais


Nas próximas semanas, o TCE (Tribunal de Contas do Estado) vai auditar as contas das universidades estaduais, informa o conselheiro Ivan Bonilha. O TCE confirmou que todas as instituições públicas devem adotar o RH Paraná Meta 4, ou seja, publicar os salários no Portal da Transparência. Bonilha não aceitou argumentos da UEL de que a medida seria inviável tecnicamente ou que afrontaria a autonomia administrativa da universidade.

A não adesão das universidades ao sistema Meta 4 é passível de desaprovação das contas da gestão (reitor e demais ordenadores de despesas) quando do próximo julgamento das contas, com todas as consequências que dela advém: devolução de recursos, suspensão de direitos políticos, aplicação de multas, entre outros.


3 comentários

  1. jaferrer
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 13:11 hs

    E quem vai auditar o TCE? Mais uma mentira sendo dita por esse sujeito. A adesão ao Meta4 não tem nada a ver com a publicação dos salários no portal da transparência pelo simples fato de que eles já estão publicados lá. Alguém já se perguntou quanto o governo paga para a empresa espanhola pelo uso do Meta4? As universidades tem um sistemas muito melhor do que este; alguém já se perguntou por que o Estado não desenvolve seu sistema próprio usando o potencial que já existe nas IES? Já se perguntaram sobre a economia que isso geraria? Claro que não, pois aqui o interesse é atacar e ofender os funcionários como se eles fossem culpados pela crise. Hipocrisia e má fé política.

  2. FALA SÉRIO
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 13:36 hs

    Isto já deveria ser feito à tempos.
    Pois onde há dinheiro público, tem que ser fiscalizado com rigidez.
    Se as Universidades estão “dificultando”, certamente alguma coisa está errado.

  3. Carlos Ernandes
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 15:35 hs

    Este assunto deve ser colocado sobre a ótica do que é certo ou errado. É correto, legal, adequado, honesto, transparente a inserção das folhas no sistema estadual. Dinheiro público de impostos , na órbita estadual, é obrigação. O resto é firula

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*