Fachin e a JBS | Fábio Campana

Fachin e a JBS

Informa Gabriel Mascarenhas, do Radar On-Line que um grupo de senadores afogados pela Lava-jato está tentando conseguir com a Diretoria-geral e Polícia Legislativa do Senado imagens e registros de entrada no Congresso de Edson Fachin com Ricardo Saud, delator da JBS.
Saud ajudou o magistrado a conquistar os votos para chegar ao Supremo, em 2015. Se essas imagens aparecerem, chamará a atenção. As gravações das câmeras do Senado só precisam ser conservadas por 30 dias apenas.


3 comentários

  1. quarta-feira, 7 de junho de 2017 – 15:28 hs

    “Faça o que eu mando. Mas não faça o que eu faço! Já vi esse filme. Sempre digo que não tenho corrupto de estimação. Muito menos sofro de Complexo de Alice. Nem da Síndrome de Estocolmo. Que se investigue SIM SENHOR. E se descobrirem algum podre, prisão. Indisponibilização de bens e perda dos direitos políticos. Doa a quem doer…” – Profº Celso Bonfim

  2. Roberto Carlos Cassou
    quarta-feira, 7 de junho de 2017 – 16:24 hs

    Dizem os mais chegados ao ministro Fachin que em uma das paredes do seu escritório está escrito:
    ” Me diga com quem andas e te direi quem és “

  3. xiru de palmas
    quarta-feira, 7 de junho de 2017 – 18:49 hs

    Muito bem Celso.
    É necessário investigar a todos que tem indício de corrupção, daí, uma vez comprovado (verdadeiramente comprovado – não por suposições) abrir inquérito, ouvir partes, testemunhas, documentação, e denunciar, caso corroborarem-se os indícios.
    Da denúncia ao processo, do processo o julgamento, do julgamento à pena, se tiver culpa.
    SEJA QUEM FOR, ATÉ O MEU QUERIDO PAPAI.
    MAS JULGAR SOMENTE COM PROVAS CONCRETAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*