Rodrigo Janot: 'irresponsabilidade jurídica e intelectual' | Fábio Campana

Rodrigo Janot: ‘irresponsabilidade jurídica e intelectual’

Assessores próximos de Michel Temer acusam o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de “irresponsabilidade jurídica e intelectual” ao afirmar que Rodrigo Rocha Loures é o “verdadeiro longa manus” do presidente.
Para embasar a crítica a Janot, auxiliares de Temer usam uma degravação feita pelo Palácio do Planalto da conversa entre o presidente e o empresário Joesley Batista, dono da JBS.
Segundo eles, a Procuradoria-Geral da República escondeu um trecho da conversa na qual Temer faz a seguinte afirmação a Joesley: “Pode passar pro e-mail dele (Loures); é da minha mais estreita confiança.” Nas versões da conversa que têm sido divulgadas até agora, a palavra “e-mail” aparece como “inaudível”.
Na avaliação do Planalto, Temer não pediria para Joesley enviar um e-mail a Loures para tratar de assuntos impróprios. “Só uma pessoa com irresponsabilidade jurídica e intelectual poderia fazer uma afirmação dessas”, disse um assessor próximo do presidente.
As informações são do Estadão.


Um comentário

  1. Sergio Silvestre
    domingo, 4 de junho de 2017 – 20:13 hs

    Nunca esse procurador acertou tanto,se é para se livrar de ladrão é isso mesmo,o cara tranportava malas de dinheiro roubado para o presidente oras bolas;.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*