Raquel Dodge substituirá Rodrigo Janot na PGR | Fábio Campana

Raquel Dodge substituirá Rodrigo Janot na PGR

Michel Temer foi rápido. Não adiou a decisão e escolheu Raquel Dodge para o lugar de Rodrigo Janot. Raquel, o nome mais cotado há meses é desafeto de Janot. No vídeo, o debate que mostra toda a indisposição de Janot com a escolhida.

Raquel Dodge foi a segunda mais votada na lista tríplice, depois de Nicolao Dino, o nome que Janot queria. Temer resolveu escolher logo um sucessor para Rodrigo Janot, que sai em setembro, a fim de enfraquecer politicamente a Miriam Leitão faz uma defesa vigorosa de Raquel Dodge, a sucessora de Rodrigo Janot.

Raquel não é resultado de uma manobra do PMDB como Janot quer fazer parecer. Segundo Miriam Leitão, “Raquel Dodge tem boa reputação no Ministério Público e por isso foi a segunda mais votada. A ideia de que ela possa ser uma escolha de políticos do PMDB, para esvaziar a Lava-Jato, não tem nenhuma correspondência com a trajetória que ela cumpriu ao longo de sua carreira.”


4 comentários

  1. LÍNGUA FELINA
    quinta-feira, 29 de junho de 2017 – 6:53 hs

    Ainda bem que a escolhida foi a Raquel Dodge… imaginem se
    fosse a Raquel Fusca !!!

  2. Edson Luiz
    quinta-feira, 29 de junho de 2017 – 10:47 hs

    Agora sim, ufa, eu já estava começando a ficar preocupado com esse início de movimento de apontar a corrupção no PSDB/PMDB/PP, temos que continuar com aquele negócio de denunciar corrupção só no PT. Com a camarada Dodge as coisas vão voltar ao normal! Grande Presida, boa escolha essa!

  3. quinta-feira, 29 de junho de 2017 – 11:50 hs

    Lamentável , a população ter de ficar a mercê das manobras destes bandidos elegendo uma procuradora na verdade para defender suas próprias causas e dar cobertura aos bandidos de colarinho branco, transparência e lisura no Brasil virou artigo de luxo,

  4. Sou sem noção
    quinta-feira, 29 de junho de 2017 – 15:58 hs

    Poderiam ter colocado a Rita Cadillac

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*