Rádio atividade | Fábio Campana

Rádio atividade

O ex-senador Luiz Estevão, condenado por desvios nas obras do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo e preso no Complexo Penitenciário da Papuda, vai dar uma ajuda e tanto para um companheiro de cela.
Ele ofereceu emprego a Henrique Pizzolato, ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil condenado no escândalo do mensalão a doze anos e sete meses de cadeia.
Pizzolato vai trabalhar na rádio OK FM, de Brasília, que pertence a Luiz Estevão. A condição para receber o benefício do regime semiaberto é ter uma ocupação para trabalhar durante o dia (com direito a duas horas de almoço) e dormir na cadeia à noite.
Cargo e salário?

R$ 1.800,00, correspondente ao posto que ocupará: assistente de programação.
Pizzolato é aposentado do Banco do Brasil e recebe R$ 21.750,00. Juntando com o dinheiro do novo trabalho, ele vai poder arcar com a multa que o STF lhe aplicou, superior a R$ 2 milhões. Pizzolato pediu parcelamento e tem que devolver R$ 2.175,00 todos os meses até quitar a dívida.


Um comentário

  1. sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 9:44 hs

    E depois que ele morrer, quem vai continuar a pagar essa micharia?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*