PSDB romperá com Temer mas apoiará reformas | Fábio Campana

PSDB romperá com Temer mas apoiará reformas

Avisa Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, que o senador tucano Ricardo Ferraço diz que o PSDB romperá com o governo “mas seguirá votando a favor e liderando as reformas, que não são de Temer, e sim da sociedade. Entregar cargos não significa se opor aos interesses brasileiros”. Ele diz que sair do governo não resolverá os problemas do partido. “Precisamos sentar num divã e fazer ‘mea culpa’ de nossos erros”. E uma corrente do PSDB tentará convencer Aécio Neves a convocar eleições gerais no partido, deixando de vez a presidência. Isso evitaria a contradição de sair do governo Temer por ele ser acusado de corrupção e de manter um acusado de crimes assemelhados no comando tucano.


4 comentários

  1. sexta-feira, 9 de junho de 2017 – 11:05 hs

    Depois que o Joesley revelou ao Brasil que Aécio (junto com Temer) COMANDOU TODO O ESQUEMA DE ROUBOS OCORRIDO DURANTE OS GOVERNOS DO PT, o destino mais provável do PSDB é a EXTINÇÃO!!!

  2. sexta-feira, 9 de junho de 2017 – 11:08 hs

    Essa deveria ter sido a posição do PSDB logo após o Impeachment de Dilma!! Erraram feio ao entrar formalmente num governo do vice da Dilma e do PT!!

  3. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 9 de junho de 2017 – 11:24 hs

    O PSDB como sempre votará para a sociedade,é sociedade a mesma que quer ver o povo pobre no seu devido Lugar,apoiando o rentismo e concentração da riqueza e o pobre cada vez mais dependente de esmolas dadas pelo governo.

  4. Geraldo Martins
    sexta-feira, 9 de junho de 2017 – 12:35 hs

    Sem dúvidas, o PSDB partido o qual sou ainda filiado e que está enrolado até o pescoço com falcatruas, deveria certamente ter ficado neutro no atual governo já que era continuidade do mesmo. Mas infelizmente a ganância pela rapinagem do dinheiro público falou mais alto. Se for bom para o país apoia, se for de interesse pessoal do governo, Vota contra. Simples assim.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*