Parece não ter fim o fim do foro privilegiado | Fábio Campana

Parece não ter fim o
fim do foro privilegiado

A expectativa em torno da chegada da proposta que prevê o fim do foro privilegiado na Câmara motivou reações diversas entre os deputados. A proposta foi aprovada na última quarta-feira pelos senadores e para ser validada também deve ser apreciada em dois turnos pelos deputados.
Conforme noticiou a EBC, além da falta de consenso entre os deputados, o histórico de tramitação de propostas que tratam do foro privilegiado na Câmara sinaliza que a PEC pode percorrer um longo caminho e, talvez, nem passe pela avaliação dos deputados em plenário. Desde a aprovação no Senado, a proposta ainda não chegou formalmente à Câmara, onde deve ser protocolada sob um novo número e ser encaminhada à CCJ.
Há duas semanas, a CCJ da Câmara está sob obstrução tanto da oposição quanto da base aliada do governo, que não chegam a um acordo sobre a tramitação de outra PEC polêmica: a que trata da convocação de eleições diretas em caso de vacância da Presidência da República.
Se vencer a etapa da CCJ, a PEC do fim do foro deve passar por uma comissão especial criada unicamente para sua análise em 40 sessões. Só depois a proposta é encaminhada para plenário, onde deve receber pelo menos 308 votos do total de 513 deputados, em duas votações diferentes.


3 comentários

  1. sergio
    segunda-feira, 5 de junho de 2017 – 14:52 hs

    Trouxa quem acredita que os políticos retirariam
    o Foro.

    Quase todos estão com o rabo preso.

    É a mesma coisa acreditar que farão uma
    Reforma Político onde não terão vantagens.

    Quem tem que retirar o Foro e fazer a Reforma
    somos nós eleitores

  2. JOHAN
    segunda-feira, 5 de junho de 2017 – 15:19 hs

    Caro FÁBIO, realmente essa é a maneira com que os congressistas tratam das medidas necessárias para melhorar a república. Eles não possuem qualquer interesse em solucionar as dificuldades por quais passam mais de 30,0 MM de desempregados no país. Essa dificuldade com os congressistas foi divulgada pela Dep. Fed.da Silva, do PT, em evento recente, onde anunciou que os problemas serão resolvidos com o DERRAMAMENTO DE SANGUE dos PARLAMENTARES, pois é a redenção desejada pela sociedade. Quando será iniciada em Brasília. Atenciosamente. .

  3. FUI !!!
    segunda-feira, 5 de junho de 2017 – 15:38 hs

    Nenhum político, de são consciencia vai retirar o foro privilegiado.
    Mirar a ponta da arma para a própria cabeça e arriscar puxar o ga-
    tilho só se for louco. Esta discussão sobre o foro privilegiado é só
    para ganhar tempo e iludir o povão. Não percam tempo !!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*