Pano para manga | Fábio Campana

Pano para manga

Informa a coluna Painel, da Folha, que juízes e procuradores de entidades que há tempos demonstram incômodo com a atuação de Gilmar Mendes, do STF, classificaram como “estranho” e disseram ver com “reservas” as notícias sobre o patrocínio da JBS a eventos do instituto de direito do ministro.

Mendes não manifestou qualquer reação às críticas. A amigos, adotou postura pragmática e citou exemplos de veículos de comunicação e renomadas universidades do exterior que atuam com o apoio de patrocinadores. Defendeu um debate “sério” sobre o assunto.


4 comentários

  1. vilson
    quinta-feira, 15 de junho de 2017 – 10:57 hs

    TO NEM AÍ

  2. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 15 de junho de 2017 – 11:38 hs

    Instituto do Mendes subvencionado, Fanchin percorre gabinetes de deputados ao lado de diretor da JBS quando da sua indicação.
    Tá danado.

  3. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 15 de junho de 2017 – 16:22 hs

    NEM SE COMPARA O QUE FAZ O QUEBRADOR DE MILHO GILMAR MENDES QUE CÁ PRA NÓS SE SER UM JUIZ É AQUILO ALI,VOU PEDIR SOCORRO AO MARCOLA.

  4. Juca
    sexta-feira, 16 de junho de 2017 – 3:52 hs

    Vá mesmo SS Calça Frouxa, teu negócio é quadrilha mesmo!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*