Novo áudio contra Michel Temer | Fábio Campana

Novo áudio contra
Michel Temer

Do Planalto à internet, da Procuradoria-Geral da República ao Congresso, de lá pra cá, daqui pra lá, corre a notícia de que há um áudio inédito entregue por Joesley Batista capaz de complicar de vez a situação de Michel Temer.
A gravação está mantida em sigilo pela PGR e os investigadores ainda não sabem em que momento o material será usado.
Vamos aguardar e ver do que se trata, porque depois de ontem a maioria dos brasileiros ficou com a impressão de que nada pode complicar Temer.


6 comentários

  1. Palpiteiro
    sábado, 10 de junho de 2017 – 14:13 hs

    Vivemos num regime de Gestapos e KGBs. A farra das gravações clandestinas. Está nascendo o ovo da serpente, o embrião de uma república autoritária, ainda pior que o regime militar.

  2. Daniel Fernandes
    sábado, 10 de junho de 2017 – 17:17 hs

    Palpiteiro, não viaja.
    Ditaduras deste tipo podem funcionar por um tempo. Mas não funcionam para sempre. São ineficientes.
    E hoje em dia, pecar contra a eficiência é o mesmo que pecar contra o Espírito Santo.
    Eita, Aldous Huxley, você era um cabra danado de inteligente, rapaz!
    A ditadura já existe há tempos, rapaz.
    É a ditadura que molda as pessoas para aceitarem sua servidão. Não precisa de tortura, de nenhum método ‘sujo’. Só precisa de meios de comunicação. E as pessoas não tem nem como procurar a liberdade, pois elas não sabem que há uma liberdade a ser procurada. É que a TV não diz isso!
    A liberdade neste novo modelo de sociedade é trabalhar feito um idiota para um lazarento que te explora, para consumir idiotices das quais não precisa. E amar isso! E querer trabalhar ainda mais para consumir as idiotices de novo modelo que acabaram de lançar no mercado…
    Quando chega o final de semana, você vai relaxar. Liga a televisão. E o que vê é um festival de imbecilidades, cretinices, idiotices, burrices, falta de talento, falta de vergonha na cara para apresentar algo tão ruim como sendo programação de qualidade.
    Isso no sábado.
    No domingo, a história já é diferente. Depois do domingo vem a segunda, que é o dia de recomeçar o trabalho.
    Então, esse é o dia dos programas pseudo-assistencialistas que ajudam um pobre por final de semana, e todos ficam contentes: “Oh como eles são bonzinhos! Ajudaram este coitado! Amanhã pode ser a minha vez!”
    E a emissora gasta no máximo umas dezenas de milhares de reais com o pobre a ser ajudado que é a bola da vez. E todo mundo fica emocionado, à beira das lágrimas.
    Se não é isso, é algum jogo idiota de futebol que te leva a crer que é você que está no campo jogando! Sim, você com a sua pança de cerveja (Itaipava, né? Tem que beber Itaipava para pegar aquela modelo bonita!).
    Depois disto, você tem as opções: Silvio Santos, Faustão, e Domingo Espetacular (com seu quadro de bichinhos fofos que dura um tempão, como se não houvesse notícia melhor para preencher o horário, e as inevitáveis fofocas idiotas sobre celebridades ainda mais idiotas.
    Um pouco mais tarde, começa o Cansástico. Quando termina o Cansástico, você está cansado e vai dormir contente, pela vida proporcionar-lhe tantos prazeres sofisticados e refinados, verdadeiro néctar dos deuses para a alma e a mente.
    Não é maravilhoso?
    Goebbels deve estar orgulhoso.

  3. Daniel Fernandes
    sábado, 10 de junho de 2017 – 17:22 hs

    P.S.: Os tais programas pseudo-assistencialistas gastam alguma coisa com alguém, digamos uns 20 mil reais….
    E ganham uns milhõezinhos em publicidade.
    Quem disse que pobreza não dá dinheiro?

  4. sábado, 10 de junho de 2017 – 19:03 hs

    TEM ALGUMA COISA Q POSSA DERRUBAR O TEMER?

  5. PIMENTA PURA
    domingo, 11 de junho de 2017 – 6:05 hs

    Gostei do CANSÁSTICO !!!

  6. Jotinha
    domingo, 11 de junho de 2017 – 14:26 hs

    Esse negócio de gravações às escondidas e mesmo as em público ainda vai feder …

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*