Lula deixa de lado Diretas, Já! | Fábio Campana

Lula deixa de lado
Diretas, Já!

do Ricardo Noblat

Uma coisa é o que Lula diz aos seus homens de confiança no escurinho dos gabinetes à prova de grampos. Outra é o que diz em público. Mas ontem, na abertura em Brasília de mais um Congresso Nacional do PT, Lula falou para fora o que ultimamente tem falado para dentro.

Deixou de lado a pregação a favor de Diretas, Já!, e cobrou dos militantes do partido um plano para eleger no próximo ano a maioria dos deputados federais e senadores. Assim, segundo ele, o PT ficaria dispensado de se aliar a outros partidos para governar o país.

Sim, Lula ainda parece alimentar a esperança de ser candidato a presidente, de eleger-se e de voltar ao Palácio do Planalto de onde jamais gostou de ter saído. De poder também a qualquer hora da madrugada acionar a cozinha do Palácio da Alvorada para comer sanduíche de pão com ovo.

Precisa combinar com o juiz Sérgio Moro, aparentemente pronto para condená-lo, deixando-o solto. E com a segunda instância da Justiça, que se o condenar mandará prendê-lo. Sem esquecer, é claro, dos eleitores, que o presenteiam o mais alto, altíssimo índice de rejeição.

Naturalmente Lula não seria o mesmo Lula capaz de entusiasmar sua turma se não repetisse os chavões de sempre, tipo “lá fora estão os inimigos de classe que querem nos destruir e nós temos que estar preparados para derrotá-los”. Ou se não batesse nas elites com as quais governou e enriqueceu.

Diretas, Já!, para tirar Temer ficou no passado. “2018 está logo ali, já começou. É por isso que eles estão com medo e nós não estamos com medo. Se a esquerda for para disputa com um programa factível, eu tenho certeza que a gente vai voltar a governar esse país”, garantiu Lula.

Não faltou o número clássico de se fazer de coitadinho. Réu em cinco processos, sendo três da Lava Jato, sapecou: “Eu não quero que vocês se preocupem com o meu problema pessoal. Eu já provei a minha inocência. Eu agora vou exigir que eles provem a minha culpa.”

Foi delirantemente aplaudido por uma plateia que pouco antes gritara “Dirceu, guerreiro, do povo brasileiro” para homenagear José Dirceu, ex-presidente do partido, em liberdade provisória.


7 comentários

  1. VISIONÁRIO
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 11:09 hs

    Realmente o Lula deixou de lado o Diretas Já para direto já… para
    Pinhais.

  2. BETO
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 11:13 hs

    Esse câncer afundou o Brasil na maior crise da história e vem essa cara de pau de querer ser candidato de novo?

    Esse LIXO, deveria há muito estar preso.

  3. eleitor desmemoriado
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 12:45 hs

    kkkk depois que o 51 ficou viúvo aprece que resolver afogar a dor da perda da patroa na marvada, o cara está se superando a cada nova declaração é mesmo de matar, formar uma boa bancada tanto na Câmara quanto no Senado, o cara ou já pirou ou está em adiantado estado de loucura.

  4. SOLANGE LOPÉS
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 14:09 hs

    Aqui no Paraná, a reeleição da Gleise Chambinho está garantida. Autentica barbada. Faz parte da estratégia do Lula para voltar ao poder no Brasil.

  5. PEDROCA DO SUDOESTE
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 16:27 hs

    ‘Fazer maioria dos deputados e senadores” (Luis Inácio Lula da Silva). Só falta combinar com o eleitorado. O hómi tá achando que o eleitor é bobo, otário, que vai cair nas estórias da carrochinha que irão acreditar nas suas lorotas.

  6. xiru de palmas
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 18:49 hs

    Não sou tão otimista assim.
    Não esqueçam da força do Lula.
    Porque ele está pregando não às diretas?
    É óbvio.
    Com a maioria nas pesquisas é um candidato forte às diretas.
    Quanto mais to Temer ficar, melhor para ele.
    Se por acaso Lula não for candidato o mais forte é o Bolsonaro.
    Este capitão é de extrema e raivosa direita.
    O Pt se aproveitará desta situação e com certeza amealhará muitos votos do centro e da esquerda
    Então não menosprezem o conhecimento e capacidade política do Lulu.
    Enqunto a maioria dos anti-PT ficam vociferando, xingando e inventando estórias sobre o Lula, ele mansamente vai entrando no eleitorado.
    Se alguem já votou no Lula, ao ler as asneiras e besteiras que são postadas nas redes sociais, fica muito mais tendencioso a continuar a votar nele.
    E ele, como hábil político, se faz de coitadinho, faturando em cima da classe raivosa.

  7. rodrigues
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 19:20 hs

    Sua eleiçao de sindico de Presídio de Piraquara esta se aproximando……

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*