Greca, o novo Fruet | Fábio Campana

Greca, o novo Fruet

— Estou virando um Fruet sem querer sê-lo.

Quem diz não mente. É o prefeito Rafael Greca a admitir seu fracasso. Amarrado em apertos financeiros e na ineficiência da máquina burocrática, Rafael Greca joga a toalha e admite que está a repetir o péssimo desempenho do antecessor. Ele, que venceu a eleição prometendo que faria tudo funcionar como nos tempos áureos de Jaime Lerner, apresenta resultados pífios em todas as áreas da administração. E para retomar as ações tenta enfiar, goela abaixo, um pacote fiscal considerado inaceitável. A maioria à sua disposição na Câmara de Vereadores não consegue aprová-lo pela resistência popular. Vade retro.


6 comentários

  1. COXINHA e PETRALHA
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 14:13 hs

    Sem dinheiro ninguém faz nada.
    Mas quando se tem a coragem em tentar aprovar um Pacote Fiscal, os sindicatos de plantão e servidores não aceitam…
    Vamos pagar o preço mais uma vez por conta disto.
    Político no Brasil tem que ser demagogo para a população apoiar.

  2. Azedo
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 15:01 hs

    Onde Greca e Fruet são iguais é na dificuldade financeira. Onde Greca se diferencia de Fruet é na coragem de apresentar o plano de recuperação. E onde os sindicatos são iguais é no surrado e mofado discurso marxista de “patrões opressores X classe trabalhadora oprimida”.

    Não estão satisfeitos? Peçam exoneração e vão pra rua gastar sola de sapato atrás de emprego que pague bem e pague em dia!

  3. luizito
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 15:45 hs

    Lembram: ” …se não sabe fazer deixe que eu faço…” Pois então, até agora a única coisa que Greca fez foi estar em campanha contra seja quem for, choramingar e o pior de tudo e aí já é uma psicopatia , estar sempre tentando se comparar com Jaime Lerner.
    Esquece Greca que quem “entronizou” sua pessoa na política foi o Jaime Lerner, esquece que quando foi prefeito após Jaime Lerner que naquela época elegeria até um “poste”.
    Greca já tinha uma esquipe formada, pronta e no embalo das obras e serviços para a cidade, tinha projetos e gente capacitada.
    Agora esquece Greca ou se faz de esquecido que sempre todos os governantes ao iniciar uma gestão procuram tempo a fazer e assim justificam cortes de custeio.
    Greca deveria pelo menos à noite com a cabeça no travesseiro lembrar em qual situação deixou a prefeitura para seu sucessor e o que aconteceu nos primeiros meses da gestão que o sucedeu, mas não prefere criticar e não ousar, não criar e muito menos ter a inteligência de ser o catalizador de harmonia e assim não praticar, além de críticas ao passado, não fazer ameaças ao funcionalismo como sendo esse o culpado por esta situação.

  4. ro
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 17:14 hs

    O prefeito e os vereadores estão esquecendo que precisam dos servidores para tocar a cidade, ou eles acham que só os comissionados darão conta, esses não querem por a mão na massa.

  5. eleitor desmemoriado
    quarta-feira, 21 de junho de 2017 – 18:53 hs

    Por quê o Greca não começa pela própria casa, mandando passear este monte de cuecas de seda aboletados nela desde tempos imemoriais? Isto feito as despesas começam a diminuir, , depois vem os puxa sacos e os baba ovos remanescentes, outra economia. E assim por diante. Não é de pequenino que se torce o pepino? A primeira coisa a fazer é começar pelo possível e depois o ideal, aí o povo começa a ver a prefeitura fazer a parte dela, até agora ela não viu.

  6. Maquiavel
    quinta-feira, 22 de junho de 2017 – 9:26 hs

    O Fruet também manteve o feudo intacto, e se ferrou…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*