Esquizofrenia tucana | Fábio Campana

Esquizofrenia tucana

Apesar de ter anunciado que vai manter o apoio ao governo Temer, o PSDB também decidiu que vai recorrer da decisão do TSE, que absolveu a chapa Dilma-Temer da acusação de abuso de poder político e econômico formulada pela legenda em 2014.
Em entrevista coletiva após o encontro, o presidente interino da legenda, o senador Tasso Jereissati, admitiu se tratar de uma “incoerência” a contestação da inocência de um presidente da República apoiado pelo partido, mas pontuou que é uma incoerência que a “história” impôs.


Um comentário

  1. Daniel Fernandes
    terça-feira, 13 de junho de 2017 – 14:03 hs

    Querem ver se ficam ‘bem’ de qualquer maneira.
    Típico do PSDB.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*