Depoimento de Sacha Reck isenta membros da prefeitura de Curitiba | Fábio Campana

Depoimento de Sacha Reck isenta membros da prefeitura de Curitiba

O advogado Sacha Reck, em depoimento ao Ministério Público, isentou os membros da prefeitura de Curitiba de qualquer participação, menção ou pedido de propina na realização da licitação do transporte coletivo em 2010. “O que eu tenho a dizer com relação a Curitiba, em síntese, é isso. E eu quero deixar claro o seguinte, em nenhum momento, em nenhum momento eu presenciei nenhuma conversa sobre propina, sobre cobrança de valores para essas pessoas da Urbs, por esses interlocutores para fazer o trabalho que eles estavam fazendo”, disse Sacha Reck ao Gaeco.

“Nunca presenciei, inclusive, em todo momento em que eu estive dentro do sindicato, eu nunca presenciei nenhuma reunião que tratou de propina a qualquer agente público. Nem durante a licitação, nem sobre a licitação, nem a apresentação da licitação até hoje com o Setransp (sindicato das empresas de transportes). Nunca presenciei isso, não tenho conhecimento para poder afirmar qualquer situação nesse sentido”, adianta o advogado no seu depoimento.

“O que eu sei termina aqui sobre Curitiba, depois eu sancionando, ficou uma confusão. O resultado, então, é um contrato que, apesar de todas essas interlocuções e contatos, ficou um contrato péssimo. Aquela primeira sugestão das empresas foi descartada e, no meio do caminho, foi tentando deixar o menos pior possível, e o resultado não foi favorável, porque a execução do contrato, mostrando isso ai, que as empresas estão todas quebradas em Curitiba, em estado pré-falimentar. Por Curitiba, é isso”, completou o advogado.


Um comentário

  1. Marcos Nascimento
    terça-feira, 6 de junho de 2017 – 17:59 hs

    Estranho

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*