De estarrecer | Fábio Campana

De estarrecer

“Criamos um direito penal que produziu um país de ricos delinquentes. No Brasil, as pessoas são honestas se quiserem, porque se não quiserem não acontece nada. É preciso enfrentar esse sistema”.

Luís Roberto Cardoso, ministro do STF, em voto favorável ao fim do fôro especial para autoridades


4 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 1 de junho de 2017 – 15:42 hs

    Tem gente que gosta de proselitismo e das luzes da ribalta. Caras e bocas, frases preparadas e jogadas para a torcida. Obviamente, na sua carreira, ele enriqueceu fazendo advocacia dativa e defendendo os pobres e oprimidos da nação.

  2. BETO
    quinta-feira, 1 de junho de 2017 – 15:44 hs

    Ai esta a prova, RATOS por todos os lados.
    O Brasil é grande e produtivo. Não precisa realizar a reforma Previdenciária. Precisa sim é parar de roubar, aumentar o valor dos impostos daqueles que ganham mais e diminuir daqueles que ganham menos pois a tabela esta equivocada e injusta. Gente ganhando R$ 1.000,000 (milhão) de reais, pra falar merda (Fausto Silva e outros imbecis alguns se querendo ser candidato a Presidência), pagando o mesmo índice que um trabalhador que ganha R$ 6.000 (seis mil reais). Apenas alguns ajustes e este o Brasil se tornará a maior potencial mundial. basta parar com esta hipocrisia, querer fazer e meter esses ladrões do dinheiro público na CADEIA independentemente de sigla partidária.

  3. João Silva
    quinta-feira, 1 de junho de 2017 – 17:46 hs

    O Ministro Barroso da até preguiça…Nessas horas cade os herois do novo amanha para pedir o impiche do homem? Para ele, o entendimento da Lei vai aonde ele Barroso acha correto, CF, Leis Menores, função de outros poderes, nada disso importa….Seguiremos as leis de barrosos, fachins, janots, mouros e dallas…meros aproveitadores de momento, que lançam proselitismos (vulgares) para amealharem pessoas sem senso critico. Enquanto as regras previstas, vão sendo escancaradamente solapadas. Este é o ministro que defende o aborto (inclusive legislando), sem sequer ouvir pais das futuras crianças, as verdadeiras condições dos hospitais, etc…tudo em prol da liberdade da mulher,e em nome dos pobres…pouco importa se a maioria dos pobres inclusive é contra aborto. Este é o ministro que é a favor da legalização das drogas, a favor dos pobres e contra prisões…Pouco importa se a realidade mostra que usuário algum é preso e que com o aumento do consumo vai piorar a vida dos “pobres” que ele defende, pois não tem dinheiro para o vicío, nem para algum tipo de tratamento. O jenio Barroso acaba condenando sob um proselitismo picareta, aplaudido por inteligentinhos metidos a sabidões, uma grande esfera da sociedade…mas…esse sr é visto como um bom ministro. Cospe na CF, desrespeita os poderes, adora falar em nome de “categorias” sem verificar os efeitos do que causa, manipula o sentido da linguagem…entre outras estripulias… Mas, no Brasil atual, piadas incomodam, falar a verdade incomoda, questionar os novos iluminados incomoda….São os membros da esquerda e os membros da nova direita abraçados e nos levando a um buraco muito maior do que qualquer corrupção levaria.

  4. VISIONÁRIO
    sexta-feira, 2 de junho de 2017 – 5:16 hs

    Teremos com certeza os mais longos meses de agonia até outubro
    de 2018. Não existe previsão para nada e independe de quem entrar
    ocupando a vaga do Temer. Passaremos por mais esta turbulencia e
    não adianta filosofar dizendo que no Brasil é malandro e ladrão quem
    quer e jamais será punido. É necessário os brasileiros do bem ficarem
    bem atentos a tudo que acontece na política ao nosso redor e nesta
    próxima eleição votar certo. Se um cara perde o remo em pleno alto
    mar vai deixar de remar com as próprias mãos ou decretar a sua mor-
    te precocemente !?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*