CPF na nota? Para Cabral, não | Fábio Campana

CPF na nota?
Para Cabral, não

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

A força-tarefa da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro denunciou hoje (19), pela 11ª vez, o ex-governador Sérgio Cabral à Justiça Federal. A denúncia envolve também a mulher dele, a advogada Adriana Ancelmo, além dos assessores Luiz Carlos Bezerra e Carlos Miranda, por lavagem de dinheiro cometida com a compra de joias em espécie, sem nota fiscal ou certificação nominal. O caso foi revelado após a celebração de acordo de colaboração premiada.

O casal comprava as joias e os dois assessores, que funcionavam como operadores financeiros, entregavam o dinheiro correspondente às peças vendidas pela joalheria H.Stern, sem a emissão de notas fiscais. As joias e pedras preciosas compradas são avaliadas em R$ 4,5 milhões.

A denúncia é assinada por nove procuradores da Lava Jato no Rio de Janeiro e aponta que a finalidade da organização criminosa era converter o dinheiro recebido a título de propina em ativo lícito, além de ocultar o real proprietário do bem.

“As aquisições eram feitas com o propósito indisfarçável de lavar o dinheiro sujo angariado pela organização criminosa, com pagamentos em espécie, por intermédio de terceiros, ou compensando valores de outras joias, sem emissão de notas fiscais e sem emissão de certificado nominal da joia”, explicam os procuradores da República.

Denúncias

O “dinheiro sujo”, apontado pelos procuradores, era oriundo de propinas pagas por empreiteiras entre 2007 e 2014, em contratos para obras do metrô, reforma do Estádio do Maracanã, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Favelas e do Arco Metropolitano do Rio de Janeiro. O crime de lavagem de dinheiro com a compra de joias já foi objeto de duas outras denúncias oferecidas em decorrência das operações Calicute e Eficiência, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Informações Agência Brasil


2 comentários

  1. SR. EUDES
    segunda-feira, 19 de junho de 2017 – 20:59 hs

    ENTÃO, VAI A PERGUNTA QUE NÃO SE CALA: “- QUEM ESTÁ CUIDANDO DA CHAVE DO COFRE DOS ERÁRIOS ?”. O CURIOSO É QUE A CADA GESTÃO QUE ASSUME, O CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL, ESTADUAL, FEDERAL LEVA “DEBAIXO DO BRAÇO” O(S) SEU(S) HOMEM (ENS) DE CONFIANÇA (?!) PARA ASSUMIR CARGOS DE RELEVÂNCIA ($$)!!. DAÍ EU APRENDI QUE “A CADA RETIRADA DEVE CORRESPONDER DOCUMENTO DE IGUAL VALOR” PARA FECHAR A CONTABILIDADE. COMO LEIGO, E CONSIDERANDO TODA A TECNOLOGIA NO QUE TANGE A ENCONTRO DE CONTAS (DO TIPO APLICADO PELA RECEITA FEDERAL), COMO EXPLICAR TANTA EVASÃO DE MILHÕES, MILHÕES…QUE SAEM DO BRASIL PARA CRÉDITO EM OUTROS PAÍSES ?. EM ASSIM SENDO, TEM MUITA GENTE “INOCENTE” HABITANDO O “FANTÁSTICO MUNDO DO BOB”…! $$$…!!.

  2. FUI !!!
    terça-feira, 20 de junho de 2017 – 5:09 hs

    O casal Cabral devem ter usado as “pedras” preciosas para asfaç-
    tar os jardins da sua Casa Branca. E a H. Stern toda feliz porque de-
    ve ter desovado o que queriam e não queriam…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*