Comandante do Exército é contra intervenção militar | Fábio Campana

Comandante do Exército é contra intervenção militar

Foto: Tiago Correa / CMM

O general Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército, reafirmou ontem, em audiência pública, o compromisso das Forças Armadas com a democracia e com o restrito cumprimento de sua missão constitucional.
Villas Bôas frisou que não há qualquer respaldo nas Forças Armadas para teses que classificou como anacrônicas, como a de uma intervenção militar para que país venha a superar a crise política: “Já passou da hora de exorcizar esse fantasma, é um gasto de energia com algo que não tem nenhuma pertinência”. E ressaltou que o entendimento é unânime entre comando e tropas.
A manifestação de Villas Bôas foi apoiada por vários senadores, como Ana Amélia (PP-RS), Cristovam Buarque (PPS-DF), Lindbergh Farias (PT-RJ), José Medeiros (PSD-MT), Jorge Viana (PT-AC) e pelo presidente do CRE, Fernando Collor (PTC-AL).
O militar foi aplaudido de pé ao final da audiência.

O comandante do Exército também deixou claro o desconforto das Forças Armadas no caso de serem utilizadas em missões de garantia da lei e da ordem, como ocorreu em maio para coibir depredações na Esplanada dos Ministérios durante protestos.
De acordo com o general, utilizações nesse sentido ocorreram 115 vezes nos últimos 30 anos, sendo que apenas no estado de São Paulo esse tipo de ação não foi solicitada.

Ele acrescentou que o Exército continua atuando na varredura de presídios e lembrou ainda a presença recente na favela da Maré, no Rio de janeiro, onde permaneceu durante 14 meses “Foi na favela da Maré que eu percebi que nos tornamos uma sociedade doente. Vi muitas vezes nossos soldados preocupados em meio àquelas vielas, apontando armas enquanto passavam crianças e mulheres. Assim que saímos, em uma semana o crime retornou com a mesma força de antes” — criticou o general, para quem esse tipo de uso precisa ser repensado por ser desgastante, perigoso e inócuo.


29 comentários

  1. Suzan de brito
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 9:25 hs

    É, a sociedade é doente de falta de ética e mal caráter. As forças armadas inoperante perante este quadro que já está agonizando.

  2. sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 10:09 hs

    poha! e estão aí pra que? a bandidada explode caixa automático todo dia com dinamite que quem controla (pero no mucho) é o exército! esses foram outros encantados pelo encantador !

  3. Tayco
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 11:15 hs

    Então! Sr Comandante.
    Aponte outro caminho para tirar esses “bezerros” que mamam na “vaca brasilis”?
    Praticamente em todos os poderes, emana a sangria do dinheiro público.

    Como parar isso Sr Comandante?

  4. sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 11:16 hs

    Boa o pronunciamento de um general que comanda as forças armadas, fica claro que eles devem serem viver em quarteis, praticando esportes,bem alimentados e com sestas após almoço, Pais, POvo que se danem, tráfico de drogas e armas,bem como vigiar nossas fronteiras é coisa que o exercito está banindo de suas atividades, por mim deveria acabar com o exercito também, não vem servindo para nada, pelo menos não há divulgação de atos que possam ser elogiados.

  5. Marco Antonio
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 11:16 hs

    Legítimo Cagão e Arregão!

  6. wagner
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 11:32 hs

    Desculpa General .mas se o senhor não notou quem aplaudio as suas palavras .foram os mesmos que colocaram o pais onde estamos basta olhar.color. jose medeiros etc todos corruptos. O senhor.chefe de uma instituição considerada uma das mais respeitadas do pais . Vem falar umas asneiras desta pergunte o povo brasileiro i que eles acham .Pq estamos aqui para servir a nação .não a bandidos . fica aqui minha revolta a estas declarações de um chefe das forças armadas sou da reserva e me envergonho.

  7. QUESTIONADOR
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 11:32 hs

    -Este pronunciamento apenas coloca em dúvida o seu patriotismo e esforça-se para manter o “statos quo” de suas carreiras….
    -Em outros pronunciamentos de outrora, já manifestou que “as instituições estão em pleno funcionamento”. Pode até ser, mas respiram por aparelhos. Como entender que o STF não julga, o Senado e a Câmara não cumprem o seu papel e o GF arroxando o custo de vida da população? Como conceber 50.000 mortes violentas por ano em um país com o Estatuto do Desarmamento em vigor?? Como conceber a falência do sistema de saúde??? Como conceber que nosso ensino e considerado um dos piores do mundo e ainda sofrer com doutrinação ideológica de nossos filhos??? Como conceber que o crime organizado tomou conta e dita as regras para a sociedade???
    -Este general Vidas Boas do glorioso Exército pra mim, já deu!!! Chega …em minha modesta opinião tornou-se parte dos problemas assim como seus colegas comandante da Marinha e da Aeronáutica…
    -Duvido que nas fileiras das Forças Armadas hajam militares que compartilhem desta mesma idéia…

  8. Heitor Zanini
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 11:43 hs

    Quando os militares GOVERNAVAM esse país chamado Brasil havia alguma ordem e progresso, como está escrito em nossa bandeira. No entanto, esses comunistas que estão hoje arrombando tudo no Brasil só sabiam criticar e dizer que havia uma ditadura. Isso é conversa de pilantra que não sabe nada da história ou que queria implantar essa porcaria que temos hoje. Para isso se aliaram aos Sarneys, Renans, Collors, ACMs da vida e temos essa porcaria que vemos hoje em nosso país. Estão até reescrevendo a história a seu bel prazer e ninguém fala nada.
    Se eu fosse militar também não aceitaria esse abacaxi só para arrumar a baderna que fizeram e depois ainda serem criticados. Toma povo burro!!!!

  9. Marcos
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 13:25 hs

    Venho por meio deste, comunicar que falando por mim, acredito que a maioria dos brasileiros estão sem respaldo nenhum, tanto na política e também por este tal Gal.Villas boas, que nosso ex país era alguma coisa antes desta vergonha de democracia, que nunca existiu ou melhor existe sim para POLITICOS, sindicalistas, e outras como direitos humanos.Sera que vai precisar Deus arrebatar os seus fiéis, e começar tudo de novo
    Nós estamos na mão de ninguém, aqui quem pode mais chora menos, um país que tem ainda seres bons,eu acredito. A única esperança do povo na atualidade e o EXÉRCITO acabar com essa zona, estão brincando de ladrão x ladrão, quem rouba mais. Antes era só dois partidos ARENA E MDB e agora tá parecendo igreja tem vários partidos e pior que o outro. Vou para por aqui pois minha paciência já acabou. VCS DEVERIAM TER E VERGONHA NA CARA , Essa bagunça começou lá atrás meados 1980. De lá pra cá as quadrilhas se juntaram e começou a roubalheira, E o dr vem me dizer que é contra intervenção. CRIA VERGONHA

  10. tico
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 13:26 hs

    Lamentavelmente é a realidade. A esperança é resistir até o Bolsonaro assumir a presidencia. Deverá, para governar, escolher pessoas com formação adequada que resolverão os problemas nacionais, com ajuda de todos. Lembramos que os governos Federal, Estaduais e Municipais estão carregados de esquerdistas que vão procurar avacalhar o seu governo. Vão procurar resistir usando para isso as organizações sindicais, mst, msts, enfim todos os desocupados que ganham salarios elevados pagos com dinheiro que sai da mesa do trabalhador. Vai ser tarefa que obrigatoriamente deverá contar com apoio das forças armadas, policias militares, pois as organizações criminosas estão armadas até os dentes. Veja remessa de armas apreendida pela policia do Rio de Janeiro, despachada de Miami EEUU. Armas pesadas de uso restrito. Por isso e pelo estimulo a violencia que a esquerda promove hoje são mais de 50.000 mortos por ano. Pelo que se espera o trabalho será arduo. Temos esperança. A esquerda já provou que é corrupta, sem credibilidade, mente muito, não sabe governar promoveu recessão economica no Brasil deixando mais de 15 milhões de desempregados. É disso que o General tem medo.

  11. Rubens
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 15:17 hs

    A Constituição Brasileira deve ser respeitada sim, porém quando o País corre perigo acho que é obrigação das Forças Armadas é tomar o poder para implantar a ordem e o respeito. Me parece que quando os políticos saem da linha é obrigação das Forças Armadas agirem para que o País possa se libertar de todo lixo existente hoje na política brasileira. Queira Deus que algum ignorante não consiga fazer deste Brasil um paíseco igual a Venezuela, Cuba, Coreia do Norte e outros que se enveredaram pelo socialismo e comunismo. Acho que o Brasil corre sério perigo pois ao que parece as próprias Forças Armadas apoiam um golpe igual ao que aconteceu em Cuba em 1959. Será esse o destino do Brasil?

  12. eduardo
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 15:33 hs

    Quero ver o povo ir as ruas se ele não mandará seus soldados atirar no povo?

  13. Raimundo
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 16:19 hs

    Essas cartas são estratégicas, já entregues redigidas, só pode. Dizer que o povo é mau e quer ver derramamento de sangue, etc é um absurdo. O povo não quer ditadura militar quer Intervenção Militar como a de 64. Derramamento de sangue é o que a chamada democracia esta proporcionado, ou seja: morre a cada 9 minutos um brasileiro. Isto por insegurança. Agora por covardia, por terem surripiados os cofres públicos, cujo numerário não chega aos hospitais, escolas etc. Quantos são. Tem alguns elementos que expressam olhares de cara de mau, como se tivesse intimidando a sociedade; e assim fazem por onde serem fotografados e colocados na mídia, isto para a povo mas para a verdadeira corja devem se derreterem todos.

  14. Monica
    sexta-feira, 23 de junho de 2017 – 22:18 hs

    Infelizmente esse Exército tbm NÃO PERCEBEU que o mundo MUDOU, que as pessoas MUDARAM, portanto, a ATITUDE do EXÉRCITO deveria ser OUTRA.O POVO se vê hoje de MÃOS ATADAS, e sem meios para TIRAR NA MARRA TODOS que lá estão, desde o STF. O Exército não percebeu que o POVO DE BEM, não os BADERNEIROS, agem NÃO PELA GUERRA FÍSICA e sim PELA ORDEM, MORALIDADE, ÉTICA e HONESTIDADE. O Exército NÃO PERCEBEU que as pessoas acreditam que uma atual Intervenção NÃO CORRESPONDE A UMA DITADURA, até porque não caberia isso no mundo ATUAL. Pena que as FFAAs estejam perdendo uma ÓTIMA oportunidade para PROVAR ao POVO, o CONTRÁRIO do que os COMUNISTAS sempre DISSERAM e DIZEM SOBREO EXÉRCITO. Triste do nosso País, onde não podemos contar com quem deveria nos DEFENDER, porque SÃO FRACOS e MEDROSOS, e se escondem no argumento de que as INSTITUIÇÕES estão funcionando.

  15. Anônimo
    sábado, 24 de junho de 2017 – 5:59 hs

    Deveríamos ressuscitar Caxias quem sabe não daria serto

  16. Rustein
    sábado, 24 de junho de 2017 – 7:36 hs

    Em quem acreditar?

  17. Roberto
    sábado, 24 de junho de 2017 – 10:44 hs

    Esse Gal, é tão corrupto e covarde quanto esses safados que o aplaudiram de pé. Ainda sim sinto-me orgulhoso de ser da reserva, porque eu ainda acredito que irá entrar um Gal com raça, moral e dignidade… hurraa.

  18. Luiz
    sábado, 24 de junho de 2017 – 11:43 hs

    Eu sabia que isso não fazia ou jamais fez parte do pensamento dos comandantes das forças armadas brasileiras, ainda não se fez uma pesquisa que apontasse o grau de hipocrisia na nação, intervenção militar constitucional é prevista, mas qual a TV que faz lavagem na mente de nossa sociedade? que destroem a imagem dos policiais, valorizam mais o criminoso que a vítima? e com um judiciário desmoralizado e com atitudes vergonhosas não haverá quem coloque a cabeça na quilhotina.

  19. José suel rocha pastoura
    sábado, 24 de junho de 2017 – 12:44 hs

    General so senhor que não encherga essa porca vergonha que vivemos hoje no brasil, general não se deixe levar por esses políticos corruptos que antes só pensava em roubar hoje só pensar em se sacar de uma condenação justa por isso estão manipulando autoridades assim como. (Hoje me sinto muito triste por não poder andar nas ruas do Rio de Janeiro )

  20. Magali Anjos
    sábado, 24 de junho de 2017 – 15:41 hs

    Ainda pior foi o General dizer que ha um consenso entre Comando e Tropas
    Para nao haver intervencao militar

    Esta claro que nao querem nem saber mesmo

  21. Gel Sidney Schell
    sábado, 24 de junho de 2017 – 16:13 hs

    Alguém sabe que é o marido da filha do Village BBoas? Medo dos militares colocarem ordem na casa?

  22. Luiz Eduardo
    sábado, 24 de junho de 2017 – 17:37 hs

    Claro Generalíssimo. E muito mais tranquilo ficar coçando o sa co dentro dos quartéis e o Brasil il il il il que se exploda. O povo que se lixe. Os politicos que continuem a saga de roubar a riqueza do país. Parabéns, general patriota. Isto é que é vida boa. Acho que para diminuir despesas, metade do efetivo do EB deveria ser dispensada. Não servem para nada. Fazem a formatura matinal, depois o café, vão para as mesas esperar chegar a hora do almoço, comer, tirar um cochilo e dai esperar a tarde passar para ir embora. General Jeca Tatu

  23. Luiz Eduardo
    domingo, 25 de junho de 2017 – 20:45 hs

    GENERAL BROCHA. PICA MOLE, CAGÃO.

  24. Luiz Eduardo
    segunda-feira, 26 de junho de 2017 – 11:35 hs

    TIRA A CARA DESTA MERDA DAI, CAMPANA

  25. Claudinei Aleixo
    segunda-feira, 26 de junho de 2017 – 21:31 hs

    General Vilas Boas, ou General Tá nas Boas????

  26. LOURENÇO BARROS
    quinta-feira, 26 de outubro de 2017 – 16:46 hs

    ogal.Ddias da Costa VIilasBoas, Desde sua nomeação comando de exercito, tem mostrado, ser contrário a ACEITAR OS PEDIDOS DE SOCORRO DO POVO, MESMO DESCONSIDERANDO O QUE DETEERMINA A C. F. ELE VEM ATUANDO MAIS COMO ADVOGADO DA SITUAÇÃO DE DESMANDO,E ANARQUIA QUE VEM NOSSA NAÇÃO. NÃO TEMOS AUTORIDADES RESPONSAVEIS EM TODOS OS SETORES O GAL.DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA, INCLUSIVE NA DEFESA NACIONAL .ELE AFIRMOU QUE A NAÇÃO ESTÁ Á DERIVA, CRIMINALIDADE ALTISSIMA, ETC. ETC. DEPOIS, VEM AFIRMAR QUE ESTA TUDO EM ORDEM. MARCAM DATA PRA DETERMINAR A INTERVENÇÃO MILITAR, JA POR VARIAS VEZES TRASFERIDA,AGORA PRA12 14 E 15 DE11, SEMPRE COM O APOIO DELE, AGORA EMPRURRADO PELOS CORRUPTOS E OUTROS POLITICOS VEM APUBLICO SE MOSTRAR CONTRA ESSE S.O.S. E, OS COMANDOS DA AEREONAUTICA E MARINHACO QUE DIZEM??? LEMBRANDO, SOMOS 206 MIL~HOES DE BRASILEIROS, SERÁ QUE MEIA DUZIA DE INTERESSADOS QUE PERMANEÇA ÉSTA NAÇÃO EM BAGUNÇA COMO ESTA???

  27. Iara neves
    quinta-feira, 26 de outubro de 2017 – 16:57 hs

    Apoio a intervenção militar.

  28. quinta-feira, 26 de outubro de 2017 – 18:08 hs

    MEUS DEUS DO CEU!! O POVO IRA’ AS RUAS NO DIA 12,13, 14, 15.!! PARA A SEGUNDA PROCLAMACAO DA REPUBLICA !! SO’ QUE ESSA VEZ SERA’ COM A INTERVENCAO MILITAR !!!

  29. quinta-feira, 26 de outubro de 2017 – 18:10 hs

    MEUS DEUS DO CEU!! O POVO IRA’ AS RUAS NO DIA 12,13, 14, 15.!! PARA A SEGUNDA PROCLAMACAO DA REPUBLICA !! SO’ QUE ESSA VEZ SERA’ COM A INTERVENCAO MILITAR !!! NAO E’ REPETIDO ESSE COMENTARIO !! SE NAO ACEITAREM CANCELA, TENHO O QUE FAZER.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*