A luta continua | Fábio Campana

A luta continua

Para os manifestantes a luta contra o pacotaço de Greca não terminou. A greve continua e um grupo tomou o salão nobre da Prefeitura e diz que só sai na marra ou depois de falar com o prefeito. Vão esperar deitados. Rafael Greca, diante da possibilidade de invasão geral da Prefeitura, encerrou o expediente às 14h20m e partiu Pinhais. No Parque São Lourenço uma assembleia aprovou a continuidade da greve geral de servidores.

A Procuradoria do Município entrou com pedido de reintegração de posse. A Guarda Municipal foi colocada de prontidão para expulsar os invasores. Pelo visto, vai longe a reação ao resultado da votação na Ópera de Arame, os vereadores de Curitiba aprovaram os quatro projetos do chamado Plano de Recuperação da Prefeitura. Por 25 votos favoráveis, 9 contrários e 1 abstenção, a proposta que altera a previdência municipal. A segunda, por 26 votos a 10, altera a data-base do funcionalismo para 31 de outubro. O leilão de dívidas do Município recebeu 27 votos favoráveis e 4 contrários. A criação da Lei de Responsabilidade Fiscal do Município teve 27 votos “sim” e 10 “não”.


Um comentário

  1. BETO
    terça-feira, 27 de junho de 2017 – 11:35 hs

    Sei da luta dos funcionários públicos da Prefeitura Municipal de Curitiba, de seus anseios e angustias mas, misturar-se a quadrilha da CUT, esta bandeira vermelha imunda ao fundo não é bom tampouco aconselhável. A CUT representa os Sindicalistas pelegos guiados pelo Fascista e populista Lula da Silva. Eles não lutam por nada senão uma ideologia diabólica que ninguém quer mais em nenhum lugar do Planeta. Avante funcionários públicos, lutem pelos seus direitos mas se afastem desses vermes, loucos e alucinados pelo câncer Lula da Silva a maior praga do Brasil.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*