TJ mantém proibição de acampamentos, mas….. | Fábio Campana

TJ mantém proibição de acampamentos, mas…..

O Tribunal de Justiça negou habeas corpus impetrado pela Defensoria Pública para suspender a liminar que proíbe acampamentos em ruas e praças de Curitiba em função do interrogatório do ex-presidente Lula (PT) ao juiz Sérgio Moro. A defensoria afirmou que vai recorrer ao STJ. Os manifestantes de Lula não tomam conhecimento da proibição. Vão em frente e instalam acampamentos.

Conforme a decisão da juíza Diele Denardin Zydek, a proibição é válida das 23h de segunda até as 23h de quarta-feira, 10, quando ocorrerá o interrogatório. No caso de montagem de estruturas e de acampamentos nas ruas e praças da capital paranaense, haverá multa diária de R$ 50 mil.


3 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 9 de maio de 2017 – 11:42 hs

    A pusilanimidade das autoridades é a causa disso. O medo do confronto tornou a sociedade refém de vagabundos e desocupados profissionais, à soldo de malacos políticos. O Brasil é a casa da mãe Joana.

  2. Juca
    terça-feira, 9 de maio de 2017 – 12:50 hs

    Tem de multar o PT, beneficiário direto de toda essa movimentação de vagabundos!

  3. Sergio Silvestre
    terça-feira, 9 de maio de 2017 – 13:46 hs

    A juiza militante da direita ai não vai ter sucesso,ela que fique nas redes sociais metendo o pau nos manifestantes,cada juiz que temos aqui heim,só falta carimbar a fulana na testa com um belo tucano.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*